Aconteceu comigo

23:00


Este blog existe há 7 anos. E durante todos esses anos tenho leitoras que acompanham minha vida desde que eu tirava foto jogada no chão do Recife Antigo. Inúmeras histórias foram contadas aqui e nesses anos vocês puderam acompanhar grandes mudanças na minha vida. Como o dia que eu retornei a Portugal depois de 4 anos sem ver minha mãe e minha irmã. Ou quando eu me mudei para o Rio de Janeiro. E ainda aquele momento doloroso de operar o joelho ferrado. O dia em que lancei minha marca de peças estampadas. Aqui na minha "casa" vocês acompanharam meus amores frustrados, viagens, descobertas, dores e alegrias e até meu noivado.

Sempre gostei de compartilhar minhas histórias. Faço isso desde os 16 anos (já tive outros blogs hehe) como forma de manter um diário da minha vida, um diário com acesso a quem quiser ler, se identificar, se encontrar na narrativa. E hoje eu vim compartilhar mais um capítulo inesquecível dos meus 31 anos de existência. Um capítulo tão especial que não sei como vou encontrar palavras para descrever.

Casei no dia 19/08 em Recife e nem sei por onde começar a falar desse dia, porque foi tudo muito intenso e passou muito rápido.

Meu casamento foi a experiência mais tocante da minha vida. Não só porque eu era uma noiva e estava nervosa, mas porque tudo que eu ouvi naquele dia está, até agora, ecoando nos meus ouvidos. Eu sempre gostei de escrever sobre amor, mas escrever sobre o nosso amor foi a tarefa mais difícil da minha vida. Me desesperei, angustiei, escrevi mais de 20 votos diferentes, liguei pro Igor em pânico e falei: "amor, não vou conseguir." E ele falou: "improvisa, amor. eu não escrevi nada, vou improvisar."

Mas eu me conheço. Improviso não é comigo. Fiquei noites sem dormir antes do casamento por causa dos votos e só no dia anterior eu consegui colocar algumas palavras no papel. Fui dormir tranquila. Acordei tranquila. Passei o dia me arrumando com minhas madrinhas e minha mãe numa pousada linda em Aldeia e eu estava relativamente serena pra uma noiva a poucas horas de casar.


O nervosismo chegou de verdade na hora que me vi pronta pra sair do local onde me arrumei em direção à Casa de Chá. E aumentou quando entrei no carro do meu pai e vi a cara dele de encanto. E eu realmente achei que ia morrer quando a cerimonialista me pediu para sair do carro.

O que aconteceu no momento que eu dei o braço ao meu pai foi tão forte, que eu me vi privada dos meus sentidos por alguns instantes. Eu sabia que minha música estava tocando, mas eu não ouvi. Sabia que as pessoas estavam olhando pra mim, mas eu não enxerguei. Minha sandália com certeza estava machucando meu pé, mas eu não senti. Foi tudo tão rápido que eu queria poder voltar no tempo, olhar pro Igor de novo, escutar nossa música, sentir o pé dolorido e sorrir pra ele como se ninguém mais estivesse ali.


Nossa cerimônia foi breve, escolhemos assim. Sem rituais, sem religião, apenas com um pouco da nossa história contada de forma leve pela celebrante (uma das nossas escolhas mais felizes). Mas quando chegou a hora de falar os votos, não teve improviso. Igor me surpreendeu, tirou algumas folhas do bolso e leu algo tão singelo, tão profundo, tão verdadeiro, que eu achei que não era possível  alguém ser mais feliz do que eu naquele instante. Cada momento, cada detalhe do nosso amor estavam ali, nas palavras dele, o cara que nunca escreve. Não houve promessas vazias. Não houve clichê. Ele, um cara tão discreto em relação aos sentimentos, despiu a alma na frente de todo mundo e colocou no papel o nosso amor na sua forma mais pura e sincera, mais simples e singela. E naquele momento eu me senti grata por ter ao meu lado um homem comprometido a me fazer feliz.


Foi inexplicável. O nosso sentimento era palpável. Todo mundo sentiu junto com a gente. Quase dava pra tocar o amor com as mãos.

No decorrer dos meses pré-casamento eu me peguei arrependida várias vezes de orquestrar uma festa. Cada detalhe, cada conta pra pagar, cada decisão foi tirando minha paciência e, por diversas vezes chorei no travesseiro pensando na besteira que eu estava fazendo.

Mas, meu deus, como eu me enganei redondamente nesse pensamento. Nosso casamento extrapolou a celebração do nosso amor. Foi uma celebração de um amor que veio antes da gente, com nossos pais, avós, tios e tias, primos, amigos. Minha mãe veio de Portugal por apenas 3 dias. Minha madrinha do coração Brigitte veio junto. Minha irmã voou de Berlim pra Recife, minha prima veio de Liverpool, os tios do Igor vieram de Chicago, um casal de amigos veio de Los Angeles, nossos amigos do Rio não mediram esforços para chegar em Recife e compareceram em peso na nossa festa e isso teve um significado transcendental pra nós dois.

Foi uma oportunidade única de reunirmos todo mundo que a gente ama em um só lugar e cada um ali dividiu com a gente uma história que nunca mais vamos esquecer. E tenho certeza que eles também não.


Fotografia: Caeli Fotografia


Por mais que eu tente colocar em palavras o que aconteceu nesse dia, nenhum vocabulário vai ser capaz de expressar tudo que senti. Nenhuma prosa ou poesia poderiam traduzir o que aconteceu no dia 19 de agosto de 2017. Que bom que existem fotos e vídeos para comprovar que o que eu vivi não foi um sonho. Foi real, é real, aconteceu comigo e está aqui, dormindo ao meu lado enquanto eu escrevo esse post, sentada na cama.


----


Redes sociais dos fornecedores:

Local: Casa de Chá Eventos
Cerimonial: Lene Cunha Cerimonial
Celebrante: Ana Roberta Oliveira
Decoração: Aurora Decor
Buffet: Fiordes
Docinhos: Donna Brigadeiro
Bolo e bem-casados: Delicat Doces
Vestido: Atelier Fafi Vasconcellos (RJ)
Beleza: Ayla Martins
Fotografia: Caeli Fotografia
Filmagem: Diego Guimarães

(Em breve farei outros posts detalhando a decoração, papelaria, maquiagem, look dos noivos, fotografia e filmagem e todos os fornecedores da festa.)

You Might Also Like

34 comentários

  1. Vocês são lindos. =)

    ResponderEliminar
  2. Que coisa mais linda acompanhar mais essa história da sua vida! Sigo aqui desde que vc estava se mudando pro Rio e acompanhar cada etapa da sua vida é inspirador demais. Parabéns pela forma sempre gostosa de compartilhar tudo conosco e que sempre vivencie as próximas fases com muita felicidade! Um beijo!

    ResponderEliminar
  3. Sério Carol, não sei nem como dizer que daqui deu pra sentir esse amor, mesmo do outro lado da tela. Que vocês sejam ainda mais felizes. ❤️

    ResponderEliminar
  4. Acompanho você desde 2011 e já me emocionei muito com você, com seu jeito tão singular de expor a alma. Que texto! Que fotos!!! Acompanhei pelo stories seu casamento e chorei várias vezes! Sua lua de mel foi linda demais! É agora, numa conexão doida, acabei de despertar de um sonho em que você contava que está grávida!!! É que engravidou na lua de mel! Impressionante foi olhar o insta e ver que você postou sobre o casamento!

    ResponderEliminar
  5. Longe de corpo e tão perto de alma... naquele dia estava trabalhando na Fatacil, mas foi um dia bem fraco e o pouco movimento permitiu-me acompanhar pelo Instagram alguns momentos compartilhados. Foi incrível... parecia cena de filme... chorei baba e ranho kkkkk foi tudo lindo e perfeito como tu merecias. Que vocês continuem sempre unidos pelo laço do amor. 😍💖

    ResponderEliminar
  6. Eu sou uma das leitoras que te acompanha desde o início. Que alegria ver o amor fluindo na vida de vcs de forma tão leve e feliz! Desejo-lhes todo o bem, que essa união seja bálsamo para a alma. As fotos do casamento estão demais!

    ResponderEliminar
  7. Olha, eu só vim dizer que: necessito assistir os votos dos dois na íntegra, porque o que eu chorei assistindo os seus stories naquele dia, não pode deixar de ser repetido!
    Muito amor e mais amor pra vcs!

    ResponderEliminar
  8. Como eu costumo dizer pra mim e pro meu maridõõõn: Que delíciaaaaa de amor! Parabéns por tudo, mas em especial pela clareza e objetividade de suas palavras.Texto lindo e gostoso de ler. Beijo no coração.

    ResponderEliminar
  9. Eu chorei com esse post, as fotos são lindas e o que você escreveu me tocou de uma forma que não sei explicar, sempre sonhei em casar e ler isso no seu blog me deu aquele calor no coração de felicidade. Fico feliz por você, que sua vida seja incrível, muita alegria, amor e paz nessa caminhada <3

    Carol Justo | Pink is not Rose

    ResponderEliminar
  10. Carol Rodrigues24.9.17

    Te acompanho desde os looks do Recife Antigo e esse, sem dúvida nenhuma, foi o look mais lindo do blog. Felicidades, Carol!

    ResponderEliminar
  11. Como é que faz pra terminar o post sem secar as lágrimas?! Senhorrrr, que coisa mais linda! Você disse que na cerimônia era quase palpável o amor, pelas palavras dessa publicação também. Ai,ai!

    ResponderEliminar
  12. Ai que coisa mais linda! Não tem como não se emocionar....que bela história, que amor lindo e que casamento maravilhoso! Tenho 27 anos, sou solteira e espero encontrar um amor assim! Seja feliz! Você merece!

    ResponderEliminar
  13. Nunca sonhei em casar ou ter uma cerimônia de casamento. Por mais que me emocione, sempre acho tão forçado! Mas quando acompanhei partes da sua cerimônia pelos stories, meu Deus! Que coisa linda, simples e verdadeira. Chorei com vocês lendo os votos. É estranho entrar assim na vida de outra pessoa, mas fico grata porque essas coisas me fazem acreditar que o amor pode ser simples. Obrigada por compartilhar <3

    ResponderEliminar
  14. Eu amo o jeito que você escreve
    Ü

    ResponderEliminar
  15. Eu amo o jeito que você escreve
    Ü

    ResponderEliminar
  16. Que Lindo!!!!
    Chorei de emoção lendo <3 <3

    ResponderEliminar
  17. Nossa que Lindo!!!
    Chorei de emoção lendo esse texto <3 <3

    ResponderEliminar
  18. é muito amor pra uma manhã de segunda, obrigada!

    ResponderEliminar
  19. Muita gratidão pela sua irmã que filmou a cerimônia e nos permitiu participar desse momento tão lindo. Vocês estavam lindos, a felicidade de vocês era realmente palpável, até pra quem estava do outro lado da telinha. Como seguidora deeeeesde a época do salto 15 plataforma nas ruas do Recife antigo, te desejo toda a felicidade nessa nova etapa!! Beijo

    ResponderEliminar
  20. Por hora, só tenho a dizer que estou aqui enxugando as lagrimas.

    ResponderEliminar
  21. Shirley Santos25.9.17

    Oi Caroooool,
    Eu não sou uma garota, mas sou uma fiel seguidora. Não desde o início, você já morava no Rio quando te descobri. Mas, eu torço tanto pelo teu sucesso, e pela tua felicidade, que eu deveria ser amiga da sua mãe, ou uma madrinha, sei lá.
    Coincidência da vida, meu filho também se casou no dia 19/08/2017.
    Infelizmente, não pudemos fazer a cerimônia e a festa que eles mereciam, pois foi meio às pressas, porque e eles vão embora pra Berlim em outubro.
    Mas, eu estou tão feliz por eles e por vocês dois.
    Engraçado isso ! Uma afinidade digital ?!?
    FELICIDADES é o mínimo que desejo a vocês, ok ?
    Shirley Santos
    Curitiba-PR

    ResponderEliminar
  22. Eu tb te acompanho desde Recife, quando vc era modelo da loja da sua tia - Marina Morena. Muit, muito, muito amor eternamente p/vcs. PS: aguardando ansiosamente as dicas de Paris rsrs

    ResponderEliminar
  23. Mila Roma25.9.17

    Estou em lágrimas... Que lindo!!

    ResponderEliminar
  24. Aaah que coisa mais linda, como que não chora lendo?
    Tudo lindo, amei as fotos, você tava maravilhoooosa!
    Beijos!
    A Menina da Janela

    ResponderEliminar
  25. Rebeka Morais26.9.17

    Que lindo, Carol. Te acompanho a um tempo e fico feliz como com uma amiga querida, mesmo sem te conhecer. Me emocionei de novo, como no dia da cerimônia, no stories hehe

    ResponderEliminar
  26. Impossível conter a emoção com um post tão lindo. Te acompanho há muito tempo e acompanhei todos esses momentos citados. Com o blog eu já sorri, já chorei, me diverti e apesar de nunca ter comentado me sinto como se você fosse uma amiga próxima. Então, como amiga te desejo toda a felicidade pra vocês... Obrigada por permitir que gente faça parte desse momento.

    ResponderEliminar
  27. Carol, desejo muitas felicidades!Sigo o blog a muitos anos e fico muito feliz por você!!

    ResponderEliminar
  28. Anónimo27.9.17

    Lendo teu post me vi no dia do meu casamento! Senti todas essas emoções, principalmente por ter conseguido reunir amigos de infância,amigos da época da Universidade, antigos clientes(sou Veterinária)e claro nossas famílias. Ainda tive o prazer de ter como celebrante, meu Tio e Padrinho que acompanhou toda nossa história.Desejo a vocês tudo de bom e uma caminhada cheia de emoções que ainda virão e serão compartilhadas entre todos nós! Muita luz e amor para vocês! Beijo cheio de ternura. Claudia

    ResponderEliminar
  29. Carols, você merece toda a felicidade do mundo. Amo seus textos!

    ResponderEliminar
  30. É de arrepiar, de encantar, de se emocionar. A sua historia Carol é linda demais, que presente voce dividi-la conosco. Ja acompanho seu blog e outras redes sociais a um tempinho e nao ha como nao se apaixonar por quem voce é. Fico muito feliz por essas realizações na sua vida, nos torcemos por você e te ver feliz assim e plena é extremammente emocionante, eu desejo muitas e muitas felicidades e que esse amor transborde ainda mais...

    ResponderEliminar
  31. estou noiva e meu casamento é daqui 1 ano. consegui te entender em varios pontos e chegou a me dar um frio na barriga de pensar na minha vez. Aguardando ansiosamente por mais detalhes, porque eu sei o quanto voce é caprichosa. Toda a felicidade do mundo pra voces.

    ResponderEliminar
  32. Anónimo7.10.17

    lendo o texto e saindo lágrimas do rosto.. muito lindo Carol, emocionante para voces e nós que acompanhamos seu blog a uns 4 anos..

    ResponderEliminar
  33. Que coisa linda! Belíssimo post! E também me fez lembrar do meu casamento, que foi super simples, também em Aldeia, tudo muito artesanal, com nossa carinha, as músicas que marcaram nossa história, os votos que nós mesmos fizemos... Ler suas palavras parece que me transportou novamente para aquele momento... FElicidades sempre para vocÊs! PArabéns!!!

    ResponderEliminar

Subscribe