Meu vestido de noiva: a primeira prova!

14:54


Eu poderia dizer que estou uma pilha de nervos, passando mal, arrancando os cabelos, sofrendo de ansiedade pré-casamento, mas a verdade é que nada do que me contaram que iria acontecer comigo está, de fato, acontecendo. Ok, tive um pesadelo de noiva dia desses, mas tirando isso estou bem tranquila em relação ao meu casório. Sim, planejar um casamento é uma função! Tem mil detalhes que precisamos nos ater, mas estou surpresa com a tranquilidade com que eu tenho levado essa história. A única coisa que realmente está me fazendo criar grandes expectativas é o vestido de noiva! #porqueserá? :P

Há anos eu guardo referências de diversos vestidos de noiva numa pastinha secreta do meu pinterest, mas quando chegou o dia de transformar o vestido em realidade, foi incrível. Acompanhei as provas do vestido de noiva da minha amiga Larissa e acabei conhecendo o trabalho da Fafi Vasconcellos. Mostrei pra ela meu sonho de vestido que desenhei em aquarela, num sketchbook e juntas decidimos os tecidos e detalhes para realizar o bendito sonho. Esta sexta-feira que passou foi a primeira prova!

Dando pinta no atelier da Fafi!
A primeira prova é só um esboço da estrutura do vestido. Foi muito interessante ver a modelagem de uma roupa sendo feita direto no corpo! Tenho certeza que algumas noivas podem ficar muito ansiosas por só ver uma "carcaça" do vestido na primeira prova, mas eu que gosto de costura, achei tudo maravilhoso! kkkk

Fafi trouxe um forro meio aberto e folgado, vestiu aquela estrutura em mim e me deixou na sala, enquanto foi buscar os alfinetes pra começar a marcar o vestido. Eu fiquei ali, olhando pro espelho enorme que ocupa um pedaço da parede do atelier e pensando "meu deus, acho que escolhi o modelo errado, não vou ficar bem nesse vestido, tá tudo muito estranho, devia ter pensando em outro modelo, vou ser uma noiva muito tosca, socorroooo!!!!!". Esse desespero ridículo estava acontecendo apenas na minha cabeça, mas foi real. hahaha

Aí a Fafi voltou com os alfinetes e com toda a calma do mundo, sem saber do meu desespero psicológico, começou a "esculpir" o vestido no meu corpo, ajustando, cortando, subindo, alfinetando. E aos poucos aquela carcaça de tecido foi tomando forma e eu fui relaxando completamente, porque naquele momento eu consegui vislumbrar meu vestido e ele com certeza vai ser a minha cara. É claro que não vou mostrar aqui as provas (sorry!) porque o boy é meu leitor fiel e o noivo não pode ver a roupa da noiva antes, mas vou narrando minhas experiências pré-casamento por aqui. hahaha

Terminei a prova já ansiosa para ver os próximos passos e aproveitei pra fotografar alguns detalhes do atelier da Fafi, enquanto conversávamos sobre o trabalho dela como estilista de noivas.

Vestido da Coleção Urban Wanderlust: calma ainda não é o meu vestido, mas é lindo mesmo assim! hehehehe

Depois de fuçar bastante o atelier da Fafi (sou dessas que ama um tecido, um aviamento, kkkk), de observar as rendas, os bordados e os tules, depois de perceber a quantidade de detalhes que existe na produção de um vestido de noiva, eu pensei: se eu, que só crio estampas e peças básicas, já morro de orgulho de ver minhas clientes vestindo as roupas da Prosa, imagina o sentimento de uma estilista ao vestir tantas mulheres num dos dias mais inesquecíveis da vida?

Deve ser incrível e eu não vejo a hora do meu dia chegar!

Pra quem quiser acompanhar o trabalho da Fafi, esses são os links:


You Might Also Like

1 comentários

  1. Também tive essa mesma sensação na minha primeira prova de vestido!!! Fiquei apavorada! Mas depois você vai vendo o vestido tomando forma e fica tudo certo. Curta muito essa fase, é boa demais! Beijo!!

    ResponderEliminar

Subscribe