Um diário de vida, viagens e estilo.

SS 2015 Ready-to-Wear

outubro 06, 2014
Acho que pela primeira vez em quase 5 anos de blog, eu arrumei tempo, paciência e vontade para ver, pelo menos, uns 80 dos 400 desfiles diferentes, das 4 semanas de moda, que estão acontecendo desde o começo de setembro até agora. Apesar de gostar de moda, meu passatempo sempre foi me divertir comprando roupa e criando looks, mas quando a gente começa a trabalhar com isso, nosso foco amplia e surgem outras necessidades, como por exemplo acompanhar os desfiles que estão rolando por aí.

Mais do que encontrar inspiração para se vestir, assistir aos desfiles é uma forma de expandir nosso olhar para inúmeras possibilidades seja de estampas, cortes, materiais, modelagens, acabamentos, etc. A criatividade do ser humano não tem limites e se existe uma matéria da vida na qual é bem complicado inovar, essa matéria é a moda. Por que o que vestimos não tem muito mais para onde evoluir (basicamente todas as peças de roupa e funções já foram criadas) e criar coisas novas em cima de um assunto já tão explorado, é uma tarefa árdua e incrivelmente bonita. 

Uma vez aprendi que um dos objetivos de qualquer marca deve ser: emocionar. Então resolvi trazer para vocês algumas imagens de desfiles que me emocionaram. Não no sentido de me fazer chorar, obviamente, mas de causar espanto/vontade/desejo/ etc. Não sou nenhuma crítica de moda e minha formação nem é na área, como todas vocês já sabem. Eu vejo os desfiles como se estivesse vendo uma exposição de arte, porque é esse o sentimento que eu tenho diante de uma roupa maravilhosa e uso esse olhar para, depois, adaptar certas tendências ao meu dia-a-dia. :)





Tramas geométricas 

A primeira coisa que fiz foi dar uma olhada nos desfiles das marcas mais famosas, por que né, o mundo gira em torno delas. Acho interessante como, a cada estação, algumas variáveis se repetem em cada desfile. Além dos desfiles da Versace, Altuzurra, Balenciaga e Balmain, outras marcas usaram as mesmas tramas geométricas em algumas peças. Adorei principalmente a proposta da Versace, que é super usável (no mundo ideal).



Bordados

Riqueza, riqueza, riqueza! Destaque para Dolce & Gabbana que já são experts em bordados e desfiles luxuosos e mais uma vez deram espetáculo. A coleção inspirada na Espanha é surreal. Ultrafeminina, sexy e cheia de bordados incríveis. Minha diva da estamparia, a estilista Mary Katrantzou (sou fã dela) resolveu criar um desfile todo trabalhado no bordado complexo. Achei lindo, mas continuo preferindo as coleções anteriores da designer. Marni e Antonio Marras me emocionaram de verdade. Queria ter um vestido desses decorando a minha casa, por que não é possível, de tão lindo.



Transparências

Acho que 90% dos desfiles até agora, tiveram pelo menos uma pecinha com transparência. Sério, essa é uma das tendências mais fortes para o verão de 2015. Eu só lamento, por que não gosto muito de transparência (me lembra cortina de voil), mas provavelmente vou pagar minha língua até o fim do verão. hahahaha Aguardem! Mesmo assim selecionei algumas bem lindas. A saia Michael Kors é de derreter o coração e super dá pra ser usada na vida "normal" (quero fazer uma pra mim, hehehe) e o desfile da Erdem foi estupendo, apesar de ser quase todo com transparência.



Listras

Amei não só as listras bem grossas presentes em vários desfiles, como a escolha de tecidos encorpados com acabamento acetinado, como o tafetá. Apesar de serem peças coloridas e descontraídas, o tecido deu um toque de sofisticação. Palmas, palmas para Temperley London e Dries Van Noten pela modelagem ampla, reta e leve das peças, afinal é verão. Mais palmas para Missoni que deu uma renovada na marca mantendo as listras coloridas horizontais, mas sem abusar do zigue-zague de sempre (que eu, particularmente, nunca curti muito).



Clean Cut

Juro que queria ter um estilo clean, minimalista, impecável. Acho o máximo as marcas que conseguem transformar uma roupa lisa numa obra de arte. Esse corte limpo guiou todo o desfile do brasileiro Lucas Nascimento e da The Row, das gêmeas Olsen, mas também apareceu na coleção de outras marcas como Alexander McQueen, Issey Miyake e Christian Dior, sempre criando um ponto de atenção durante os desfiles. A impressão que eu tenho é que este estilo traz o equilíbrio perfeito entre crueza/força X sensibilidade/leveza. Amor excessivo pelo bolero de vinil da Osklen.



Florais

Entra verão, sai verão, entra estação, sai estação, e os florais estão sempre em alta. Nada mais feminino que uma estampa florida. O que eu mais percebi nos desfiles para 2015 foram os florais vermelhos com fundo preto, com uma pegada espanhola/mexicana. Gostei da proposta de floral mais discreto de Alexander McQueen, e quase morri com tanta exuberância nos florais e babados de Valentino. Tipo, quero tudo.



Metalizados

Adorei essa tendência que, vira e mexe, dá as caras na moda. Há uns 2 ou 3 anos, todas as marcas bacanas de calçado tinham alguma sandália ou bolsa metalizada, com efeito specchio, e eu fiquei bem feliz de ver que chegou a vez das saias, vestidos, jaquetas e coletes entrarem no verão para dar aquela quebrada radical no climinha de balneário que é típico da estação. Prevejo flores & metais everywhere. Quão incrível pode ser essa combinação? <3 Simplesmente surrei com os coletes MCQ Alexander McQueen e adorei o metalizado ultrafluido Richard Nicoll.



É muito interessante ver as fotos de dezenas de desfiles e perceber que existem pontos de confluência entre as marcas. Lembro que quando eu trabalhava com publicidade, meus chefes sempre comentavam que existe uma "nuvem" pairando em cima da cabeça das pessoas. Essa nuvem é cheia de ideias e aos poucos as pessoas vão encontrando esses insights. Então, o que muitas vezes parece uma réplica ou imitação é, na verdade, uma sincronicidade do pensamento coletivo, uma tendência. Em geral é isso que acontece com a moda: mesmo que cada estilista crie de acordo com a sua visão, é notório que a cada estação algumas ideias da "nuvem" são reproduzidas em quase todos os desfiles.


Por isso resolvi listar 6 pontos que observei no catwalk: 1) muito preto e branco, principalmente em estampas geométricas; 2) em quase todos os desfiles rolou pelo menos uma peça com maxi fenda, seja saia, vestido ou blusa; 3) kimonos e qualquer outro tipo de amarração nipônica envolvendo bandages, cordas, cintos, faixas, etc foram muito presentes na criação de diversas marcas, inclusive percebi a uma quantidade insana de ombros "presos" por supergolas, numa pegada meio gueixa-style; 4) flatforms, tênis e sandálias rasteiras dominaram as passarelas e que bom para nós, por que verão combina com conforto; 5) já falei das transparências, mas não custa repetir, por que foi a coisa mais vista ever. 6) cortes assimétricos para todos os lados! Blusas, saias, vestidos, tudo na "diagonal". Perdi as contas de quantos desfiles apresentaram essa mesma modelagem.



Aproveitei que estava com a mão na massa moda e escolhi meus três looks preferidos. É claro que tudo que é estampado chama muito mais a minha atenção por motivos óbvios e por isso o desfile de Roberto Cavalli e de Antonio Marras me deixaram bem impressionada (Marni deveria entrar nesta lista, mas já tinha estampa demais no ranking, hehehe). Nunca gostei muito da estética de Roberto Cavalli, que é conhecido pelas estampas de animal print e vestidos esvoaçantes de mulher sexy selvagem, justamente por que sempre achei meio perua demais, mas as estampas (e plissados!) desse desfile, fizeram meu queixo cair no chão. Fiquei louca mesmo. Já o Antonio Marras me conquistou tanto nas estampas quanto na aplicação de texturas e bordados que fizeram os vestidos parecerem telas. Eu acho que guardaria um vestido desses apenas para decorar minha casa. Por fim, escolhi o desfile da The Row para configurar entre meus top 3 pela razão oposta dos outros dois desfiles: reto, limpo, rústico, austero e incrível. <3

Não sei se vocês gostam deste tipo de post, mas espero que sim!  Quero saber a opinião de vocês. :D
Beijos, Carols

14 comentários on "SS 2015 Ready-to-Wear"
  1. Oi, Carol!
    Adoro posts assim, mas confesso que fazer dá uma preguiça mesmo hehe
    Hoje mesmo postei um sobre a Semana de Moda de Paris, mas sempre escolhemos um ou outro desfile pra falar. Citar todos os detalhes de todos os desfiles é bem inviável, além de ficar cansativo, né?
    Gostei bastante do formato do seu post.
    Parabéns, adorei!

    Beijos, Rafa!

    ResponderEliminar
  2. Mas é lógico que gostei pq também não tenho paciência pra ver todos eles e vc deu uma visão geral do que virá por aí

    ResponderEliminar
  3. Adorei, esse post é de utilidade pública UHUAASHASU Adoro floral de funco preto! To há tempos procurando um vestido assim, quem sabe não seja agora! http://simsemfrescura.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  4. Eu acho esse tipo de post incrível. É o que eu procuro em blogs de moda, uma percepção pessoal do que rolou na semana de moda e não uma reprodução irracional de absolutamente tudo! Achei incrível, sensível, perceptivo, amei de verdade! Deixa a moda acessível e descomplicada.
    Um beijo

    ResponderEliminar
  5. Juliana Freire de Lima Marcelino6.10.14

    Amei o post, a forma como você fala de moda é simples, direta e fácil de entender, seus posts são mais interessantes de ler comparado à outros blogs, adoro seu blog, parabéns!

    ResponderEliminar
  6. Rebecca7.10.14

    Carol, amei esse post! E bom ficar informada sem ter q assistir milhares d desfiles. Adoro as suas observacoes e ler os seus textos e um enorme prazer! Bjs

    ResponderEliminar
  7. Cibele Ribeiro Pereira7.10.14

    Amei o post!!!

    ResponderEliminar
  8. Concordo que o post seja de utilidade pública. Já estou preparada para as tendências do verão! Uhuuu

    ResponderEliminar
  9. Amanda7.10.14

    Adoreeei o post, adoro o jeito que você escreve! Continue postando muito!! e aproveitando: vi que você fez vídeo. Vai pro youtube sim menina, dá dinheiro! rs

    ResponderEliminar
  10. Denise Rodrigues8.10.14

    Oi Carol!! Adorei o post! Sua visão de moda, mesmo sem ser formada na área, é muito interessante. Adoro seu blog! bjs e sucesso

    ResponderEliminar
  11. Lilian8.10.14

    Amei o post!

    ResponderEliminar
  12. […] meses atrás, mais precisamente no dia 6 de outubro, fiz um post bem completinho (esse aqui!) sobre o que vi nos desfiles das semanas de moda de NY, Paris, Milão e Londres. Claro que não […]

    ResponderEliminar
  13. […] um bolero gráfico com transparência, no melhor estilo Balmain. Lembram das tendências para 2015, deste post? Tudo aí, tudo […]

    ResponderEliminar

Auto Post Signature

Auto Post  Signature