Um diário de vida, viagens e estilo.

ART RIO 2014

setembro 14, 2014
Setembro começou movimentadíssimo na minha vida e, consequentemente, neste blog. Tantas coisas pipocando para fazer, que mal tenho tempo de organizar os posts para colocar no ar. Já levanto organizando minha "agenda" para ver como vou encaixar as diversas programações desse setembro maravilhoso.

Sexta fui ao Art Rua durante o dia, conferir os murais e galerias de artistas de rua que estão expondo no Ação Cidadania, lá no centro do Rio. Ainda na sexta, fui à Discoland, festa promovida pelo Art Rua, no mesmo local da exposição. A festa foi incrível! Voltei para casa de manhã e não sei como aguentei um sábado cheio de atividades. Sábado, eu e a Carol (lembram da amiga do brunch?) fomos almoçar na Casa Daros, museu que tem aqui pertinho de casa, em Botafogo, e de lá partimos em direção ao Píer Mauá, onde rola (até hoje) a Art Rio.

Passamos a tarde na exposição e foi fantástico. 5 pavilhões de obras de artistas bem conhecidos como Beatriz Milhazes, Adriana Varejão, Athos Bulcão, Andy Warhol, Yayoi Kusama, Di Cavalcanti, Cícero Dias, Monet! e Fernando de la Rocque e outros não tão conhecidos, expostos em galerias do mundo inteiro. Fiquei meio catatônica, meio retardada e me peguei, várias vezes, perdida da Carol por que meus olhos não paravam num lugar só. É muita informação, beleza, estranheza, inspiração num único espaço e o cérebro sofre as consequências.

Andamos tanto, que quase sofri uma falência muscular. hehehehe  

        

Selecionei algumas das obras e intervenções que mais gostei na exposição, mas foi realmente difícil eleger coisas preferidas entre tantas coisas belas. Enquanto andava pelos corredores da exposição, ouvi alguns comentários como: "Ah, quem faz isso é gente louca" ou ainda "Ai que saco, essa exposição." Tenho pena, pena mesmo, que a arte não exerça um poder de abstração em todo mundo, por que me parece que a incapacidade de compreender o que se vê impede as pessoas de usufruírem o que os sentidos oferecem. Taí uma matéria que deveria ser inserida na grade curricular universal: Just feel it!

Eu sempre tive vontade de ser artista plástica, mas nunca me dediquei a nada nesse sentido. Apesar de desenhar, fazer estampas, pintar umas aquarelas aqui e ali, estou longe de ter propriedade técnica e intelectual para desenvolver um trabalho sólido nesse sentido. Contudo, ter visto tantas exposições de sexta para sábado, me abriu o apetite para me dedicar a alguns cursos nessa área e, quem sabe, voltar a pintar com mais intensidade.  É simplesmente fantástico o poder que a arte tem sobre os nossos sentidos e o que mais me fascina não é o processo criativo em si, mas o efeito que provoca em quem aprecia a obra. É uma troca intensa, do coração que produz, para o coração que percebe. Uma dessas epifanias da vida. Tem uma frase do poeta Ferreira Goulart, que traduz muito bem esse sentimento: "A arte existe porque a vida não basta."

E não basta mesmo. :)

Beijos, Carols
5 comentários on "ART RIO 2014"
  1. rio de janeiro éé rio de janeiro ne..
    moro numa cidade em sc e não tem nada nesse nipe aasssim!!
    ]
    quem sabe um dia me jogo pro rio!!!

    beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Tayná Saes14.9.14

    Pois eu te digo, Carols, saí das exposições com a mesma "fome" que você. Lembra que uma vez conversamos sobre aquarela, materiais e tal? Então, estou ainda com mais vontade. Tô longe de ser técnica ou prifissional, mas eu SINTO. E, trocadilhos à padre, sinto muito por quem não sente nada. Ainda aceito sua ajuda pra ir na Casa Cruz comigo kkkk. E se souber de cursos etc, me fala ♡

    ResponderEliminar
  3. alana loiola14.9.14

    Lindíssimas as exposições... obg pelas as artes que divulga aqui.
    Carol, poste o look, plis.

    ResponderEliminar
  4. Confesso que não entendo nadinha, embora eu ache tudo muito bonito e tente compreender! Já é alguma coisa né, um começo talvez! http://simsemfrescura.blogspot.com/

    ResponderEliminar

Auto Post Signature

Auto Post  Signature