Um diário de vida, viagens e estilo.

Vai ter Ibitipoca, sim.

julho 05, 2014
Oláaaa pra vocês que, há tempos, entram neste blog parado. A vida corrida realmente coloca freio em algumas coisas e o blog anda meio abandonado. Mas não está esquecido! hehehe

Esta semana não tive tempo nem de tirar foto de look do dia pela manhã. Já saía de casa correndo pra agência e acabei tirando fotos dos looks bem básicos, no celular mesmo. Postei no meu instagram (pra quem não conhece é @carolburgo) e por lá fiquei. 

* * *

Mas hoje o post não é pra falar de look e sim de uma micro-viagem recente que eu fiz para Conceição do Ibitipoca. Vocês sabem onde fica esse lugar? NO FIM DO MUNDO. hahahaha Fui com um grupo de amigos lá pra Minas Gerais, de carro, à noite, em busca da tão famosa Ibitipoca. Uma terrinha pacata, pequenina, cheia de belezas naturais, cachoeiras e pitorescas paisagens de interior. Um lugar muito lindo e tranquilo, que nos rendeu boas aventuras.

Acontece que, para chegar em Ibitipoca, somos obrigados a passar por uma cidadezinha chamada Lima Duarte. Em Lima Duarte conseguimos nos surpreender com várias pessoas montadas a cavalo, com berrante na mão e tudo. Coisa que a gente só vê em novela. heheheh Depois nos perdemos dentro da cidadezinha e decidimos parar numa delegacia pra pedir informações de como chegar em Ibitipoca. Agora imaginem a cena comigo:

São meia noite e trinta, na pacata cidade de Lima Duarte. Uma neblina paira no ar gelado. A cidade dorme num silêncio de cemitério. Um carro com 3 mulheres e um homem, encosta a frente do carro, com faróis altos, na entrada do portão da delegacia, que estava misteriosamente aberto. Não satisfeitos em encostar o carro, buzinamos para chamar a atenção dos guardas. Um homem (nosso amigo) todo de preto, barbudo, sai de dentro do veículo em direção à porta da delegacia. 

Não deu outra: o policial de plantão deve ter tomado um susto tão do cacete, que já saiu com a arma em riste, mandando nosso amigo levantar as mãos, levantar a blusa, ficar calado, etc. Cena de filme americano, gente! A gente acompanhou essa cena bizarra de dentro do carro, imaginando que nosso amigo poderia tomar um tiro a qualquer momento, só pelo nervosismo do policial e pior, que nós seríamos mortas posteriormente, pra não haver testemunhas do crime. PELAMORRR! Que nervoso!

Depois descobrimos duas coisas: o caminho certo para Ibitipoca, e que a delegacia era, na verdade, uma penitenciária e o policial achou que éramos bandidos. hahahahahahahaha Coitado do policial e coitados de nós que passamos o resto do caminho em estado de choque.

Então a primeira providência que tomamos assim que chegamos a Ibitipoca foi: beber pra esquecer a aventura e o frio. Sim, o frio daquele lugar à noite, é de doer os ossos, a pele e a paciência. Mas o dia seguinte é sempre melhor e o sono cura tudo. E assim que acordamos, foi isto que encontramos:



Ficamos na Repousada Chalés, um lugarzinho muito fofo, cheio de chalés com lareiras providenciais! Sim, a lareira foi muito necessária pra enfrentar o frio à noite. Apesar dos chalés serem ótimos, o aquecimento da água do banho não era a gás, era com chuveiro elétrico, ou seja...tomamos banho de água praticamente fria. hahahaha Não foi legal, ein. Tirando isso, o lugar é maravilhoso e vale muito a pena a estada. :D

Ibitipoca tem um parque natural incrível, onde dá pra fazer trilhas e visitar cachoeiras, mas infelizmente não tivemos oportunidade de fazer essa programação por que teve jogo do Brasil no sábado e nós voltamos no domingo. Mesmo assim passeamos pela cidade, fomos ao parque e tiramos algumas fotos bem bonitas. 



Além das paisagens, Ibitipoca é cheia de restaurantezinhos fofos e aconchegantes onde se bebe e come muito bem. O ponto alto do nosso tour gastronômico foi o Gula do Lobo, um bistrô maravilhoso, com música instrumental ao vivo (sim, tinha um músico tocando violoncelo!)  e uma comida igualmente divina. Pedi o risoto de queijo com filé ao molho madeira e foi de comer rezando. O lugar é lindo e vale a pena a visita, apesar de não ser muito barato. Em média R$ 75 por pessoa. 



Além dos restaurantes, Ibitipoca tem um point muito peculiar: o Bar do Firma. Um lugar muito louco, enfiado no meio da natureza, cheio de coisas penduradas no teto: cabaças, troncos, plantas, garrafas de cachaça, papéis, violão, capa de disco, redes, etc. Tanta coisa pendurada no teto, que eu fiquei imaginando quanto tempo o dono do bar levou para preencher aquele mausoléu com tantas relíquias. O bar é tomado de teias de aranhas, poeira, gatos que percorrem o recinto andando pelas cadeiras, um cachorro fofo que fica sempre estrategicamente parado na porta, galinhas que dormem perto das mesas do bar e, ocasionalmente, cagam na cabeça dos visitantes. hahahahah Sério, isso aconteceu com um casal amigo nosso. É uma experiência incrível. Não consegui aproveitar o lugar como eu gostaria, por causa do frio absurdo que fazia lá, mas tenho certeza que se eu tivesse um pouco mais agasalhada, teria me divertido mais. O frio é um incômodo que me tira do sério.

FRIO, FRIO, FRIO, FRIOOOOOO!
Infelizmente Ibitipoca é tão longe, que dá agonia. Levamos cerca de 5 horas pra chegar e 4 pra voltar pro Rio, de carro e sem trânsito. Um tempo que viagem que me deixa meio desesperada. Mas o fim de semana foi providencial. Eu estava com uma carga de estresse e irritação tão grande, que foi maravilhoso me afastar dos problemas por dois diazinhos. Num lugar como Ibitipoca a gente realmente esquece o tempo e as mazelas. Gostaria de ir novamente para conhecer as cachoeiras, mas acho que vai demorar um pouco. De toda forma a viagem valeu a pena e o descanso foi reparador. :)

Beijos, Carols
12 comentários on "Vai ter Ibitipoca, sim. "
  1. Vivian5.7.14

    Caroooool! Nao se ve gente a cavalo so em filme nao! Aqui na roça onde eu moro sempre vemos todos os dias, e mais bois, cavalos, galinhas, todos passeando pelas ruas! Hahahaaha
    E ó, essa roça fica so a 40 min do centro do rio srsrs
    Mas enfim, sou apaixonada por ibitipoca, e quando cheguei a lima duarte ja me identifiquei, devido as semelhanças com a minha cidade. E muito bom ir pra la e fugir do calor que sempre faz aqui no rio. Sem contar que as comidas e o atendimento sao fantasticos. E o visual? Ô lugar lindo sô! Enfim, amo ibiti!
    Um beiji carol!

    Desculpa o texto mal escrito hahahahaha
    Odeio escrever em tablets

    ResponderEliminar
  2. Luiza'5.7.14

    Adoro o bar do Firma! Muito gente boa, acho que ano passado ele foi preso por encontrarem um pouco de maconha com ele, mas não ficou muito tempo na cadeia. O cara é totalmente doido, hahahaha, vc paga o que acha que deve pagar! Vida loka!

    ResponderEliminar
  3. Uma foto mais linda que a outra!
    P.s: Conhece São Tomé das Letras? Se não, vale a pena.
    Bjs

    ResponderEliminar
  4. Anónimo6.7.14

    q lugar liindo!!!

    ResponderEliminar
  5. Cadê foto do bar muito louco??
    adoreeei esse lugar, se não fosse tão longe da minha casa com certeza iria conhecer! :D

    ResponderEliminar
  6. Anónimo6.7.14

    Uma pena você não ter ido às cachoeiras, são maravilhosas. .. Bjs

    ResponderEliminar
  7. Caraca! Fui pra Ibitipoca em 98 e fiquei na mesma pousada! A foto que vc tirou acho que é do chalé que fiquei :-) deu nostalgia agora...

    ResponderEliminar
  8. nossa, que lugar liiindo!!! um achando no meio da natureza mesmo. Essas cidadezinhas com ar bucólico são muito charmosas e, realmente, as melhores aventuras são essas fugidas de fim de semana com os amigos.
    mas, pera, Carol, frio quantos graus? pq teus looks tão muito pelados pra quem estava num lugar tão frio assim. Aqui na minha cidade, no RS, é lã em cima de lã durante o dia. Hoje, por exemplo, tava 5° pela manhã, e não foi dos dias mais frios. E fica a 6 horas da capital, pra onde fujo estrategicamente de tempos em tempos :P

    hehe ;)

    Ps1: pra tu ter ideia dos looks que usamos por aqui no inverno, dá só umas espiada nesse post: http://stalkerdemoda.com/2014/05/23/frio-para-os-fortes Já no verão, garanto que é quase mais calor que o Rio...

    Ps2: to amando tua marca Prosa.

    bjos

    ResponderEliminar
  9. Carol, que bom que visitou MG! Dizem que Ibitipoca é lindo mesmo.
    Eu sou de Belo Horizonte mesmo e nunca visitei, mas amigos dizem ser maravilhoso..
    Acho apenas que você escolheu uma data ruim ne?
    kkkkkkkkkk... volte no verão pra frequentar as cachoeiras..

    Um beijo.

    ResponderEliminar
  10. Dani7.7.14

    Carol, você tem que ir em Ibiti no verão. Tem aquele solzinho mas com uma brisa super agradável.
    Nunca fui ao bar do firma, mas conheço o dono e ele é ótimo, super doido mas uma ótima pessoa.
    Agora que já conheçe o caminho, volte mais vezes, e vá ao parque, o melhor lugar do mundo pra esquecer dos problemas!
    beijo

    ResponderEliminar
  11. Fabiana Silva - Ipojuca PE8.7.14

    Ai, Carol!
    Adorei o lugar! Sou muito apaixonada por lugares assim: acho que eles têm um encantamento incrível e nostálgico! Sei lá!!
    Beijos!
    @fabisilva14

    ResponderEliminar
  12. Caroline18.7.14

    Oi Carol! Vc deveria ter visto a previsão do tempo pra Ibiti antes de partir! Pq lá é uma região de serra, naturalmente frio,no inverno então!!! Só com trocentos casacos! Rsrs.... jura que achou demorado 5 hrs de carro?! Outro estado, estrada de chão (péssima, alias, infelizmente...) acho que vc n aproveitou tanto pelo frio, que pra mim tb tira o tesão das coisas, pela demora pra chegar e pelo estresse que vc disse q estava! Impressão que eu tive por suas palavras! Volte num helicoptero eno verão, vc vai curtir mais! Rsrs... brincadeira!

    ResponderEliminar

Auto Post Signature

Auto Post  Signature