Um diário de vida, viagens e estilo.

book do dia: Risíveis Amores

12 novembro 2013


De vez em quando eu faço umas indicações de livros que gostei, aqui no blog. Fazia tempo que não rolava um #bookdodia por dois motivos: 1) a vida boêmia esgota meu tempo de leitura (hahahaha abafa!) 2) eu tentei ler alguns livros e não consegui me interessar pelas histórias. Acontece que Milan Kundera é um autor que tem lugar cativo no meu coração e aos poucos eu estou comprando todos os livros que foram escritos pelo cara. Uma questão de apego/honra mesmo. 

Li umas duas vezes A Insustentável Leveza do Ser, li O Livro do Riso e do Esquecimento (esse inclusive tirei notas nos cantos das páginas por que achei passagens sensacionais!!) e comprei outros 3 livros dele: A Arte do Romance, A Vida Está em Outro Lugar e Risíveis Amores, que estampa o post de hoje.

Antes mesmo de chegar na metade do livro de hoje, eu resolvi escrever sobre ele. É que não é todos os dias que um livro te faz perder a noção do tempo no metrô e esquecer de descer na parada certa. Pois bem. Adoro ficar envolvida a tal ponto com uma leitura, que eu perca a dimensão das coisas. Isso significa que meu coraçãozinho crítico foi profundamente tocado por algo intangível e belo. Ultimamente só Milan faz isso comigo (e o Rio de Janeiro, claro. hahahaha)

O que eu mais gosto em todos os livros do autor é a capacidade que ele tem de verbalizar, com detalhes, sentimentos e situações de tal forma que você se enxerga nelas. Não é uma descrição de cenários, de roupas, de paisagens. Nada parecido com o "apelo visual" de um épico fantástico como Game of Thrones. É uma descrição de seres e sentimentos sublimes demais, densos demais, humanos demais.

Em Risíveis Amores, Milan Kundera escreve em primeira pessoa, o que me dá a sensação de estar lendo histórias dele (ainda que possam ser pinceladas de ficção) e esse tom autobiográfico me faz ficar ainda mais interessada na leitura. Como todos os livros que li dele até agora, Risíveis Amores pula de uma história para outra, sem aparente ligação entre os capítulos, mas sempre com uma visão jocosa sobre ironias amorosas, dignas de riso. Tem um gostinho de "quero MUITO mais" e vale muito a leitura. 

Comprei o livro na Livraria da Travessa, aqui no centro do Rio. :)

Beijos, Carols
8 comentários on "book do dia: Risíveis Amores"
  1. Carol, tb adoro o Milan!
    Esse tá na minha listinha de compras futuras... Ele sabe fazer a gente mergulhar nas histórias, refletir e esquecer um pouquinho dessa nossa vida de cada dia.

    Beijos, adoro seu blog!

    ResponderEliminar
  2. Li a insustentável leveza do ser por indicação sua, que vi em um post... e foi um dos livros mais tocantes da minha vida... foi um livro em um momento oportuno na minha vida. adoro suas indicações de livros... continue fazendo sempre!!!

    ResponderEliminar
  3. Ei Carol, tudo bem??? Eu adoro seu blog!!! Vou par ao RJ em dezembro sou do ES, gostaria mt de conhecer, tem como??? Sou blogueira aqui também, meu blog está ao ar em pouco tempo... www.adonadavila.com!!

    Mil Beijos

    ResponderEliminar
  4. Ei Carol, eu adoro seu blog, e sou blogueira aqui do ES, gostaria de saber se posso te conhecer quando eu for ao RJ, inicio de dezembro!!! Mil beijos

    ResponderEliminar
  5. Adorei a dica. Vou procurar sobre esse autor e seus livros!

    Beijos

    ResponderEliminar
  6. Oi Carol! Adoro seu blog, te acho fofassa!!! E comprei os livros pra ler, esta doida com uma boa indicação, inclusive estão com um preço ótimo na Fnac!! Bjokas

    ResponderEliminar
  7. Esse livro é sensa ♥
    E Milan é incrível mesmo. A forma como ele escreve, como expõe as situações, os sentimentos, as fragilidades é altamente real e analítica. Me faz enxergar pontos da natureza humana de uma forma diferente.

    ResponderEliminar
  8. Como tudo o que vc lê eu gosto bastante, já comprei esse do Milan pra chamar de meu! Carol, adoro o blog!! Te desejo todo o sucesso do mundo (e muitos looks bacanas por aqui!)

    Um beijão!

    ResponderEliminar

Auto Post Signature

Auto Post  Signature