Ex-Mai Love na íntegra!

15:25


Eu tardo, mas não falho!! Aêêêêêê, soltando fogosss!! Finalmente está saindo do forno o post sobre o Ex-Mai Love Bazar que rolou domingo passado aqui no Leblon. Me reuni com duas amigas pra colocar um monte de coisas à venda. Criamos página no facebook, alimentamos a expectativa das pessoas e finalmente realizamos o bazar. hehehehe E olhem só como tudo ficou:


Agora as minhas considerações sobre essa experiência!! hehehehe 

SOBRE O BAZAR

Montar um brechó/bazar é MUITO CANSATIVO. Sério. É tipo uma experiência que dá vontade de chorar, pelo menos pra mim que tive que carregar uma arara de roupa maior que eu, pelo meio do Saara, num calor infernal do centro da cidade, sozinha. Me lasquei muito pra esse bazar acontecer. Comprar sacolas, etiquetas, montar tudo, catalogar produtos, entrar no metrô com a arara batendo no povo, suar feito uma condenada e ainda descer os 4 andares (SEM ELEVADOR) do meu prédio, com duas malas gigantes e...as araras. 

Sinceramente, nunca mais eu faço uma loucura dessas fora de casa. kkkkkk Ainda bem que contei com a ajuda de Rebecca e Talita, para me salvar nesses momentos de escravidão! O próximo bazar presencial que eu fizer, será na minha própria casa, onde poderei receber as pessoas com mais aconchego, num lugar mais apertado, porém mais fofo e intimista. Lá em casa vocês poderão sentar no sofá, conversar potoca, tomar um suquinho gelado. Essas coisas que não dá pra fazer no salão de festas de um prédio que não é seu. 

Mas conseguimos ajeitar o salão de forma que as coisas ficassem dispostas de forma organizada. Não conseguimos tantas araras quanto seria necessário para pendurar ainda mais roupas, então improvisamos mesas mesmo. No final das contas ficou fofinho, apesar de impessoal.

SOBRE O PÚBLICO

Ahh, muita gente legal foi ao evento. Várias leitoras aqui do blog, sempre muito queridas e atenciosas. Gente, eu morro de vergonha de tudo, sou suuuuper envergonhada mesmo e por isso sempre fico muito sem jeito quando me pedem pra tirar foto. heheheh Mas sempre é bom saber que as pessoas curtem o blog e se identificam tanto. Fiquei feliz!! :D

Acho que o dia de chuva não ajudou muito na quantidade de pessoas que foram ao bazar. Na verdade nem um terço das pessoas que confirmaram presença no facebook, compareceram. E no fim do dia ainda tivemos que reduzir o tempo do bazar e "fechar" tudo antes da hora por conta do condomínio. Mas mesmo assim foi bem legal!!!

SOBRE AS VENDAS

Por conta disso tudo eu resolvi, com muita dedicação e paciência, montar a continuação online do bazar, para quem não pôde comparecer ou quem não é do Rio, poder comprar as pecinhas. Vocês não imaginam o trabalho que isso está me dando!!! Estou determinada a fazer uma coisa bem linda pra vocês com a facilidade de poderem pagar no cartão de crédito!!!!! Gente, é muito amor, viu? hahahahaha

Por incrível que pareça, as pecinhas que eu achava mais legais, como as sandálias da Santa Lolla e o casaquinho de paetês, não foram vendidas! hahahah Então quando o Ex-mai love online estiver funcionando, já sabem né? CORRAM!!! O bazar ainda não está pronto por que falta colocar DEZENAS (sim, dezenas) de peças, mas olhem só como está ficando fofooo! :P

update do babado: pretendo colocar o brechó online no ar semana que vem! talvez no final da semana, por que tá cheio!!!

Agora vamos às dicass!!! Uma seguidora do instagram me pediu para dar algumas dicas sobre como fazer um bazar de sucesso. Diante de tudo o que eu aprendi com os erros e acertos do meu primeiro bazar da vida, eu posso dar algumas dicas sim, mas lembrando que qualquer evento é uma caixinha de surpresas!

1. CRIANDO
Como designer/ilustradora/diretora de arte a primeira coisa que fiz foi criar a identidade visual do evento. ahahhaha Uma das meninas do bazar pensou no nome e eu fiz a marca e os layouts todos. Queria uma marca engraçada, que chamasse a atenção e fosse bem girly.

2. DIVULGANDO
Meu segundo passo foi criar uma página do evento no facebook e convidar, feito uma louca, todas as minhas amigas. As amigas foram convidando outras pessoas e junto com a divulgação aqui no blog, a página do evento foi super bem acessada. Coloquei em todas as redes sociais possíveis e imaginárias. hahahaha

3.  TEASING
Para criar expectativa nas pessoas é legal criar uns teasers que mostrem, previamente, parte das coisas que serão colocadas à venda. Claro que, em vez de ficarem ansiosas, muitas pessoas ficaram DESESPERADAS para comprar certas coisas. Desculpa, gente! O intuito não era desesperar. hehehehe

4. LEMBRANÇA
Na nossa página colocamos "cartazes" do evento, lembrando toda semana que a data estava próxima. Não sei se funcionou muito bem, mas é sempre bom fazer as pessoas NÃO esquecerem do seu bazar e programarem uma horinha do seu dia para irem lá. hehehehe

5. SELEÇÃO
É complicado selecionar peças pra um bazar. O que você acha legal, outra pessoa pode achar uma porcaria, mas só compra quem quer, né? Colocar preço então, é ainda mais difícil por que sempre tem muitas variáveis em jogo como: tempo de uso, valor original da peça, marca, apego à peça, etc. Mas bazar não é lugar para "ganhar" dinheiro e sim para "recuperar" uma parte dos seus investimentos. O que eu observei com a experiência (cof cof cof) é que as pessoas compram as peças mais pela marca, do que pela originalidade/beleza delas. Isso significa que suas peças LINDAS da Renner, podem valer bem menos do que uma blusinha absolutamente sem graça da Animale. É triste. kkkkkkkk

6. CATALOGAR
Tudo fica mais fácil quando você faz uma listinha de tudo o que tem pra vender. Ao colocar as etiquetas de preço nas roupas, escreva também o código (ex: C001, C002...) e anote num papel uma breve descrição de cada peça. Assim, no final do dia é mais fácil saber tudo o que foi vendido. Uma coisa que fiz neste bazar e deu super certo foi: cada peça vendida, eu arrancava a etiqueta com código e pre ço e guardava para conferir tudo depois. Assim ficou muito mais fácil saber quanto eu faturei. Isto ajuda, e muito!, quando o bazar é coletivo. Na hora do cansaço a matemática passa longe e as etiquetinhas salvam a contabilidade da gente. :)

7. MONTAGEM
Montar um bazar é de doer, principalmente se você não tiver um local apropriado, um ateliê, uma loja de uma amiga, onde você possa colocar suas coisas expostas. Na falta desse local, o negócio é improvisar comprando/alugando o necessário. No Saara tem uma loja chamada Molezão, que várias araras pra vender com preços a partir de R$ 84. É um bom investimento e vocês podem usar depois no quarto! Nessa loja tem também outros tipos de expositores, etiquetinhas e aquela maquininha que parece  uma pistola que coloca a etiqueta nas roupas. Uns R$ 15. Baratusca.

8. LOCALIZAÇÃO
É fato: todo mundo que chega num bazar desses de amigas, entra no recinto super sem graça, sem saber por onde começar a olhar. Por isso eu acredito que um bazar dentro da sua própria casa, com número limitado de pessoas, seja mais legal, mais tranquilo...mais pessoal. Primeiro por que casas são aconchegantes e segundo por que na nossa casa podemos dar mais atenção e mimos (águinha, biscoitinho, bolinho) pra quem chega. Muito melhor né?

9. ORGANIZAÇÃO
Cabides e araras. Cabides e araras. Cabides e araras. Cabides e araras. Quanto mais cabides com roupa exposta melhor. Nós não tinhamos muitos cabides e araras então improvisamos mesas e cestinhos para colocar as peças, mas a peça no cabide vende melhor e isso é um fato incontestável. Outra coisa que ajuda a vender é ter uma máquina que passa cartão de crédito. kkkkkkk Nós não conseguimos a tempo, mas o bazar online vai ter essa opção MILAGROSA!!

10. DETALHES
Dias e horários são sempre uma questão delicada por que, na verdade, tudo depende única e exclusivamente da vontade do cliente. Quando eu a as meninas decidimos fazer o bazar pensamos em várias coisas. Fazer dia de sábado? Furada. Todo mundo vai pra praia. De manhã? Furada. Todo mundo tá dormindo. Fazer no primeiro dia do mês? Furada. Nem todo mundo recebe no dia 1. Fazer só até as 18h? Furada. Tem gente que só pode vir depois das 20h. Mas no final o que a gente constatou foi: o bazar poderia ter sido num sábado de sol, das 10h às 18h que estaria ótimo. Também já fui pra bazares em dia de semana que as donas estavam felizes da vida. Então...vai entender né?

Ahhhhhh vocês tão achando que o post acabou???? Então olha só esse vídeo massa que Rebecca fez do bazar!! Muito amorrrrr, gente!! :D



E aí??? Gostaram do post???? Eu adorei a experiência!!!

Beijos, Carols

You Might Also Like

43 comentários

  1. Fantástico, Carols! Como sou de Belém, adorei sua idéia do bazar online!!! Sucesso sempre!!!!

    ResponderEliminar
  2. amei, a edicao dos videos estao massa!

    www.pinkwomanfashion.com

    ResponderEliminar
  3. renata12.12.12

    carol, tem como voce da uma previsao de quando o bazar online entra no ar? tipo, se ainda essa semana ou so a proxima, algo assim?

    ResponderEliminar
  4. Eu devia ter chegado mais cedo pra levar aquele crucifixo de oncinha ):

    ResponderEliminar
  5. ansiosidade mode on pelo bazar online kkkkkkkkkkkk

    Tem previsão de quando entra no ar???

    ResponderEliminar
  6. Evelyn M.12.12.12

    Carol,

    Eu perdi o bazar, uma pena, queria mto ter ido!
    Eu imagino o trabalho que deu isso, só de pensar eu já cansei kkkkkkkkkkk!

    Que bom que sobraram pecinhas p gente comprar online =D

    Parabéns pelo bazar!

    beijos.

    ResponderEliminar
  7. Ahhhh, tava ansiosa por este post! Ficou tudo lindo, parabéns pela organização e profissionalismo do bazar!

    Sou do Rio, gostaria muito de ter ido, mas não deu. PS: Mesmo que estivesse livre no dia, acho que ficaria sem graça de ir (como vc descreveu). hehehe

    Beijos

    ResponderEliminar
  8. Seu humor é o melhor acessório de beleza sempre.
    Adoro o blog e vc é d+.

    http://lucianadeodato.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  9. Raquel Condulo12.12.12

    Bazar online - todas comemora!!!!!

    ResponderEliminar
  10. Adorei Carol, se eu fosse do Rio com certeza compareceria ;) bjãoo

    www.tudodeb.com.br

    ResponderEliminar
  11. Oi Carol!
    Adorei o bazar. O coletinho de lurex já botei pra jogo e o arco de paetê vai ser meu acessório de Carvaval 2013, se o mundo não acabar, claro. Realmente, o cartão de crédito ajuda, certeza que eu tb teria levado o casaquinho de paetê tbém, se eu não tivesse esquecido de sacar mais dinheiro.
    Não fica envergonhada não pq seu blog é muito legal e vai fazer cada vez mais sucesso!
    Beijos
    Nanda

    ResponderEliminar
  12. Carolsss, amei a materia e tambem minha fotinha aí. Obrigada você pela atençao e já vou avisando que vou comprar tambem online viu? rsrs, ahhh e esperarei ansiosa o proximo que será na sua humilde residencia heheh, afinal nao é todo dia que encontro sapatos tamanho 34! nem roupas q caibam em mim. Deve ser por isso q virei sua fã e acompanho todo dia o blog. Bjss e q Deus continue te abençoando mtao. AH, quero te mandar um presentinho, me diga como posso fazer ;)

    ResponderEliminar
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  14. Carol!! Cm eu qeria ter ido :/
    Mas nao foi o fds de eu ir para a casa do namorado no Rio...

    Lindona, eu tenho aqele mesmo probleminha chato no joelho, o meu eh causado pela postura, forma q eu piso e priiiincipalmente ficar com a perna esticada (cm na foto q vc esta batendo papo ao invés de trabalhar..rsrs)

    ResponderEliminar
  15. Carol, parabéns pelo bazar. Eu tenho uma marca de bijus e sempre organizo bazares com descontos pra dar um UP nas vendas. Agora em final de ano é um atrás do outro. E sim, CANSA MUITO! A semana anterior é um infeeeerno, o dia é pior ainda! hahahaha. De manhã, vc mal terminou de arrumar o lugar e já tá morta, com pé e costas doendo...rs. E no final do dia? Misericórdia, só dá vontade de se jogar e dormir por uns 3 dias seguidos!

    Mas sempre vale a pena (pelo menos pra mim). Seria um dia que eu não teria tantas vendas, então sempre compensa, mesmo que não vender tanto assim.

    Vi suas dicas e assino embaixo! Tudo isso é parte do processo MESMO. Tem a parte chata da organização, etiquetar e fazer o controle é fundamental e guardar as tags também. Eu sempre faço o mesmo, porque no final do dia vc mal consegue somar 1+1. Tenho até uns adendos:
    - Mesmo que o lugar seja mais impessoal, vale colocar uns petisquinhos. Eu sempre compro biscoitos amanteigados, alguns salgadinhos e amendoins, sabe? Aí coloco algum suco, chá gelado e água. Parece bobeira, mas faz uma super diferença pra quem comparece, a pessoa se sente 'cuidada'. E pra gente o gasto é mínimo.

    - Na organização, o ideal é deixar tudo bem à mostra, principalmente quando são coisas pequenas (que é o meu caso). Se fica tudo 'entulhado', as pessoas não conseguem enxergar direito e passam batido por peças que poderiam ser facilmente vendidas. As vezes, é melhor optar por colocar menos peças ou ir fazendo um rodízio, pq valoriza mais de uma maneira geral. Também é legal já pensar em produções e até deixar algumas coisas montadas, pra instigar mesmo =P

    - Convidar sem medo é a arma do negócio! É de praxe as pessoas confirmarem e não irem (aprendi isso na marra, depois de mais de um ano de bazares). Sempre crio os eventos no facebook e muuuuuita gente confirma. Chega no dia e não aparece nem 1/3...rs. Antes eu tinha medo de convidar muita gente e não dar conta, mas vi que posso convidar sim. Chamo geral, sem medo. O máximo que pode acontecer, é aparecer muita gente e a mercadoria acabar logo (o que não é nada mal...rs)

    - Vc tá certa quando a desencanar de dia e horário. A gente se prende demais e isso, no fim, não faz diferença. Tem gente que reclama de ser no sábado, tem gente que reclama de ser no domingo... fora que também reclamam do horário. Então o negócio é ir alternando e tentar pegar um horário grande (mas sempre levando em conta que, se você colocar que começa às 13h, as pessoas chegam depois das 15h....rs).

    - Por mais que seja super trabalhoso, vale a pena fazer em lugares diferentes. Também não tenho carro e andar de transporte público em SP com muita coisa é um caos, mas vale a pena. Cada lugar traz um público e mais possibilidade de venda. Vc comentou que alguns itens achou que seriam vendidos e ficaram, né? Pode ter certeza que, quando outras pessoas verem, eles serão vendidos. Eu tenho produtos que ficam encalhados por meeeeeeses. Aí é só fazer um bazar num lugar diferente, mais longe, que sai TUDO. No último bazar queimei umas 15 peças desse tipo.

    E, claro, não desistir. Tem vezes que vai vender bem e outras que vende pouco, mas SEMPRE tem gente por aí querendo comprar!

    Aff, escrevi muito. Mas, espero que ajude quem precisar ;)

    Agora vou ficar esperando a lojinha pra ver se rola comprar alguma coisa...rs

    Beijo!

    ResponderEliminar
  16. Ficou lindo Carol, parabéns!
    Ai como eu queria vestir P e ser do Rio nessas horas..

    Beijo!

    ResponderEliminar
  17. MENTCHIRAAAAAAAAAA que o casaquinho de paetês não se foi, ai que glória!!!! vai ser meu presente de natal!!! vou dar f5 aqui, no twitter e no instagram incansavelmente esperando o bazar entrar no ar pq esse casaquinho tem que ser meeeeeu! hahahahaha mas mesmo assim, gostaria de ter ido no bazar físico! ô tristeza não morar no Rio :(((

    bjo

    ResponderEliminar
  18. MENTCHIRAAAAAAAAAA que o casaquinho de paetês não se foi, ai que glória!!!! vai ser meu presente de natal!!! vou dar f5 aqui, no twitter e no instagram incansavelmente esperando o bazar online entrar no ar pq esse casaquinho tem que ser meu! hahahahaha mas mesmo assim, gostaria de ter ido no bazar físico! ô tristeza não morar no Rio :(((

    bjo

    ResponderEliminar
  19. "Cabides e araras. Cabides e araras. Cabides e araras. Cabides e araras." Isso me fez lembrar da primeira feira que fiz a sério em Portugal, com a tua mãe. Eu tinha acabado de chegar do Brasil, após horas de um vôo noturno e cansativo, não tinha um cêntimo no bolso pra ligar à tua mãe, que não estava à minha espera no desembarque em Lisboa e após 2 longas horas de espera resolvi colocar a vergonha de lado e pedir ajuda. Liguei do telemóvel de um café na ala de desembarque, cujo gerente por sorte era brasileiro, e descobri que a tua mãe estava com o carro avariado na autoestrada e aguardando um reboque. Depois que rebocasse o carro, que já estava carregado pra viajarmos pra Beja, no Além Tejo, ela ainda iria numa locadora pra alugar um outro carro, voltaria na oficina pra passar as coisas do carro quebrado pra esse outro e por último iria me buscar em casa (na casa dela) pra finalmente pegarmos a estrada. Um amigo (o querido Angelino) iria me buscar no aeroporto dentro de alguns minutos e me levaria pra casa dela, onde eu teria algumas horas pra descansar da viagem até reiniciar a outra. Pois bem, essa bendita feira (a Ovibeja) que durou uns 10 dias, se não me falha a memória, eu fiquei tão traumatizada com o cansaço da montagem e desmontagem, que quando retornamos pra casa, logo na 1ª noite de sono eu tive um pesadelo horrível com cabides... os cabides queriam me matar e eu acordei super assustada e logo vi que foi só um sonho hahahahahaha ridículo por sinal, mas quando eu estava nele eu tava apavorada e me escondendo dos cabides assassinos hahahahaha.
    Parabéns pelo Bazar, gatinha, e sucesso nos próximos que virão! ;) :*

    ResponderEliminar
  20. Anónimo12.12.12

    Sempre venho aqui e elogio, mas dessa vez não curti. Qd você falou do bazar vi muitas meninas implorando pra você fazer online e sua postura foi: não, dá muito trabalho, não dessa vez... porque você achou que seu bazar ia bombar e que voce não ia precisar da gente.
    Daí você fez, muita gente não foi, e agora que as peças encalharam você rapidinho fez o online ficar simples e rápido, né?
    Achei sem noção. As peças que sobraram (literalmente) você quer empurrar para gente?
    Próxima vez seja mais humilde, você já viu que seu "nome" não lota um bazar presencial. Sua força é na internet, então não nos ignore. Que fique a lição.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi anonimo!! Olha...eu lembro de ter falado no outro post que tive varios problemas com o meu bazar online, que por sinal ainda existe! Aliás tenho bazar online há uns 2 anos (divulguei algumas vezes aqui no blog) e sempre usei a plataforma blogger pra fazer isso e por isso sempre foi muito complicado organizar as vendas. O bazar presencial era uma oportunidade de me juntar c outras amigas e fazer um bazar diferente, que não dependesse de reservas por email, por exemplo. E foi muito legal! Queria passar por isso, apesar da canseira extrema! Depois do bazar ter acabado tirei ainda mais coisas do meu guarda-roupa e resolvi colocar um novo bazar numa nova plataforma que, eu espero, nao ter mais tantos problemas. Além disso quem cuidava do meu antigo bazar era a minha tia, em Recife, e todas as roupas estavam lá com ela e eu só trouxe tudo pro Rio há pouco tempo, quando o bazar presencial já estava marcado. Não ignorei ninguém por que sempre tive bazar e quem quisesse comprar podia ir lá, mas nao gostava da confusão que era vender por um blog. Agora comprei uma loja online para colocar minhas peças à venda Não são sobras, tem muita coisa que nem sequer levei pro ex mai love! Como eu mesma falei, as peças mais bonitas continuam aqui E não ignorei ninguém, apenas queria fazer algo diferente. E não...não está sendo nada fácil fazer uma loja online! Muito pelo contrário! Pra ficar legal vai ser bem trabalhoso! Por fim, entendo sua posição, mas realmente só posso dizer que: cada pessoa faz o que pode quando pode. Só deus sabe quando vou conseguir terminar esse bazar online (que ate agora só postei 3 peças! Kkkkkkk), mas o bazar presencial eu fiz e foi muito legal! :D beijossssssss

      Eliminar
  21. Anónimo13.12.12

    Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  22. Fabiane Moreira13.12.12

    CaROL, não creio que a sandália de onça não foi vendida.... aiaiaiaiaiaia
    Eu queeeerroooo mucho! Bjos!

    ResponderEliminar
  23. Camilla Moreira13.12.12

    Que bom que vai ter online! Nossa senhora das pechinchas nos atendeu :D
    O negócio deve ter sido muito bom mesmo, porque no filme, não ninguém que não esteja agarrada com uma pecinha pra comprar.
    Queria muitooooooo ter ido, mas só quando for em Recife.
    Bota a loja no ar, tô doida pra comprar.
    Sucesso, Carol.
    Parabéns!

    ResponderEliminar
  24. Camilla Moreira13.12.12

    Ahhh uma coisa que senti falta, foi ver os preços das peças :)

    ResponderEliminar
  25. Bazar online!!!AMEI!!!!!!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  26. ha hah haha to rindo muito aqui me vendo novideo e na foto. Eu e minha calça estampada.

    Bjos

    ResponderEliminar
  27. Hahahhahhahahahahahaha to rindo muito me vendo no video e na foto, eu e minha calca estampada. Bjos

    ResponderEliminar
  28. Eba, tava passando mal com esse bazar presencial, ainda bem q teremos virtual. Ps: vai se acostumando com as fotos, se eu te encontro em algum aeroporto eu vou tietar, ahahaha

    ResponderEliminar
  29. Paulinha13.12.12

    Oi Carol!
    Eu sempre fico aqui na moita lendo os posts mas nunca comento, mas dessa vez nao pude deixar de comentar... Em primeiro lugar parabens pelo bazar, pelas fotos deu pra ver que foi tudo organizado com muito carinho. Em segundo lugar, estou com raiva de mim mesma por nao ter ido, pois vi o numero de pessoas confirmando presença no facebook e achei que ia ficar lotadissimo, intransitavel e impossivel de conseguir pegar qualquer peça,rs. Quebrei a cara, pois pelo visto estava super tranquilo e sobraram, inclusive, varias pecinhas bacanas. Agora é ficar aguardando pelo bazar online.
    Um beijo!

    ResponderEliminar
  30. Anónimo13.12.12

    AAAAiiin eu nao fui e mais amei essa ideia de bazar online. Porem ainda acho que isso vai dar uma certa confusao,uma comprando ,enquanto outra ja ta na sacola,bom esperamos que não ne? Vai ter todas as opçoes de pagamentos, desde boleto bancario, a cartão de debito e credito?
    Mais sera que da pra rolar outro bazar presencial antes do carnaval? :D
    Parabens pelo bazar e pelo trabalho que fez, da pra ver que foi com carinho!

    Beijos caaarol!

    ResponderEliminar
  31. Ana Beatriz13.12.12

    Oii Carol, ficou tudo muito lindo mesmo. Sempre olho seu blog, mas nunca comento, maaas hoje tenho que comentar...adorei tudo , se eu morasse no Rio iria com certeza, mas como não moro vou aguardar o online =) tudo de bom pra você nas próximas etapas..beijos

    ResponderEliminar
  32. Carol, quero muito este bazar!! te acompanho desde do começo de 2011 e amo tudo que tu veste. E você sabe né, ates de sair de casa sempre te uso como inspiração! beijos e sucesso

    ResponderEliminar
  33. Carol, quero muito esse bazar on-line. Pq tu foi pro Rio heim, bem q tu podia ter ficado em Recife pra gente ter ele pertinho da gente. Amo tudo oq vc posta e te acompanho desde o começo do ano passado (quase 2 anos já!) Sempre te uso como inspiração antes de sair...beijos e sucesso sempre!

    ResponderEliminar
  34. Carol, você não comentou uma coisa: As meninas tinham onde provar as roupas? Se não, isso prejudicou as vendas?

    ResponderEliminar
  35. Esse bazar tem que vir pra Recife :(

    ResponderEliminar
  36. Carol querida gostaria de saber qual programa vc usou para por essas legendas nas fotos? qual programa ? grata ! bjs....

    ResponderEliminar
  37. Carol, que tal um post com o look das meninas usando as roupas compradas no bazar? Acho que vai ser legal a gente ver peças que vc combinava usada por outras pessoas, com novas combinações :)

    O video tá lindo! Beijo

    ResponderEliminar
  38. Anónimo17.12.12

    Manda o link do bazar on line pra gente Carol!!!!!

    ResponderEliminar
  39. Anónimo18.12.12

    O bazar on line já está funcionando? estou esperando ansiosamente! Qual o Link?

    ResponderEliminar
  40. Eu quero a sandalia de oncinha!!! Qual o tamanho?? Tinha até mandado um email para vc sobre ela mas vc não deve ter recebido! Bjoss e parabens.

    ResponderEliminar

Subscribe