mais do que sapatos

14:47

Faltou post de look do dia, ontem e hoje, aqui no blog. Mas a causa é o trabalho (muito trabalho!) e um cansaço extremo que tenho tido nesta semana e que sono nenhum, nem noite nenhuma dormindo, tem melhorado. Parece uma doença! Posto isto, e aproveitando pra pedir desculpas pela minha ausência "fashion", vou escrever o post de hoje, propriamente dito.

--------------------- *   *   *   ---------------------

Um dia desses, conversando com Danilo, meu chefe e querido amigo, ele me fez uma pergunta que me deixou meio reflexiva: "Carol, como é que você, uma menina tão inteligente, que escreve bem, lê bons livros,  e etc e tal, tem um blog tão fútil que fala sobre moda?" (não vou iniciar um debate sobre a importância da moda tá? eu entendi a visão masculina dele embutida na pergunta. :P )

Eu só pude responder que sabia né? Na verdade, eu preciso desse equilíbrio na vida e que o blog de moda é o escape ideal pra quando eu quero escrever besteira, pensar em besteira, falar de sapatos e promoções, rir com os comentários das minhas queridas leitoras engraçadas, enfim. É a dose de leveza pra minha vida, que eu considero bem densa e muitas vezes parece um fardo imenso de se carregar. (não adianta dizerem que tem quem tenha vida pior. Eu não estou comparando nada.) É que o problema não está no exterior, digamos assim. A minha vida externa é ótima, não tenho do que reclamar, a não ser de trabalhar demais, mas isso faz parte. O problema é dentro da cabeça e olhem...não tem quem controle essa minha mente.

O fato é que sim, eu tenho um blog de moda, gasto meu dinheiro com roupas e sapatos, mas este post é para eu "exibir" o meu bem mais precioso: meus livros (não dou, não vendo, não empresto). Depois que eu consegui a tão almejada "independência financeira" não foi para a Arezzo que eu corri. Meu blog de moda poderia esperar. Eu corri pra Livraria Cultura e me dei ao luxo de comprar uns 5 livros de uma vez. Por que para cada salto 15cm onde eu me equilibro de um lado, do outro se equilibram o triplo de livros. E no mesmo quarto onde eu conto pares de sapatos, eu tenho o triplo de histórias pra contar.


Hoje foi dia de atualizar a parte artística da minha biblioteca pessoal (rumo aos 300 livros!! YRRULLL grandes merdas!) e acabei comprando na Cultura 3 livros de arte: mais um sobre Frida Kahlo (minha obcessão já conta com 5 títulos sobre a pintora!), um livro bem resumido da vida e obra do impressionista Paul Gauguin e um livro de história da arte, bem condensado, que foi até barato, levando em consideração o conteúdo, "Tudo sobre Arte". :)

Este foi o novo look do dia da minha estante. :P

Boa semana e boa leitura.
Beijos, Carols

You Might Also Like

19 comentários

  1. Boa tarde!! livros..tenho varios..mais tem muito tempo..( 1 ano) que nao compro um novo...beijos e boa quinta!

    ResponderEliminar
  2. Espero que esse seu escape exista pra sempre! Pq amo o blog!
    E quanto aos livros... nossa como é bom saber que ainda existem pessoas que valorizam a leitura! Eu lembro que meu gosto por eles veio na escola, pq éramos obrigados a ler Machado de Asis pra fazer prova e hoje tenho orgulho de ter alguns exemplares devorados! Tenho medo dessa geração que já tá chegando na sala de aula com Ipad debaixo do braço nunca saiba o gosto de devorar um livro... pq livro bom é livro que não deixa a gente querer parar antes de acabá-lo!
    Beijos menina, fica com Deus!

    ResponderEliminar
  3. hauahauahuahaua.... Voce devia ter dado a seguinte resposta ao seu amigo-chefe... Eu nao sou uma pessoa bitolada, so isso!!! consigo ser intelectual, excelente profissional, engraçada e fashionista!!!! Voce pode ser tudo o que voce quiser.... "ate" uma blogueira de moda!!!! Pq "fia" vc conquistou isto. E vc, por mais inteligente, criativa, intelectual que seja... tb faz coisas simples.
    E como diz um amigo meu em relacao a Steven Jobs: "Porque o genio, faz o genial parecer simples."

    ResponderEliminar
  4. Ahhh sobre livros......... amooooo.... nao tenho 300 (apesar de nunca ter contado) mas uns 160 acho que sim!!!!!

    ResponderEliminar
  5. Depois Carol Burgo se diz envergonhada por ter "fãs" na Escola Superior de Marketing.
    Poxa vida, entenda e aceite(risos): Não que a nossa loucura por você seja apenas pela sua forma de vestir e de se expressar, mas sim por que sabemos e enxergamos o além que há por trás da Carol Burgo que temos acesso no blog; Carol Burgo é uma excelente profissional e do nosso "futuro mercado",logo precisamos nos inspirar em pessoas como você, para que quando formadas, nós tenhamos uma lembrança para levar e recordar na vida pessoal e acadêmica que nos ajude a formatar os bons profissionais que seremos. Não tem como conhecer uma Carol Burgo e uma Anna Terra da vida e fingir que são apenas "simples Publicitárias ou Blogueiras de Recife". Devemos respeitar e aprender com vocês, a vermos nossos trabalhos, nosso meio e a nossa vida com muito amor e dedicação. Portanto, sim Carol, nós já te amamos, te admiramos de longe e será uma honra enorme te conhecer hoje na faculdade!

    ResponderEliminar
  6. Genteeeee,as vezes e só as vezes eu nao curto seus post,mas esse esta sensacional ! Aew menina,parabéns !!

    ResponderEliminar
  7. Nem se incomode com esses tipos de comentários, o seu blog só ressalta o quanto você é criativa e especial, afinal, não se consegue um público como o seu escrevendo besteiras.

    Tem que ser muito inteligente pra conquistar isso!!!

    Bjkss

    ResponderEliminar
  8. Temos o mesmo problema: gasto meu dinheiro em livros. TODO em livros. Já não tenho mais espaço... E já que você gosta de arte, eu tenho dicas! Esses livros 'bibliografias' são legais, tem uns desenhos interessantes, mas livros que falam sobre a história da arte mais a sério são super importantes. Posso te indicar História da Arte, do Gombrich e 'O que é arte', da coleção primeiros passos, ambos bem legais e que eu estudei na faculdade (faço museologia).

    ResponderEliminar
  9. Acho engraçado esse rótulo, né? Acho que só não enfrentei isso até agora com meu blog, porque minhas leitoras sabem bem da minha vida nerd "outer blog". E sim, amo comprar(e ler) livros(muito mais do que roupas e sapatos), tenho uma biblioteca bem grandinha, que espero organizar, porque são 4 prateleiras cheias, esparsas pela casa, e eu tenho um certo TOC de ver tudo separado.
    Beijos!

    ResponderEliminar
  10. Teu chefe é homem, não sabe de nada! hhaahahah Faz teu trabalho bem feito, lê teus livros e vem postar logo aqui que é... beijo

    ResponderEliminar
  11. Carol, no natal dá de presente ao teu chefe o livro Semiótica da Moda, do francês Roland Barthes. Se ele conseguir passar da décima página garanto que nunca mais ele vai dizer que moda é futilidade.
    Lindos seus livros novos!!! Tb sou muito fã da Frida. Só fico triste quando vejo livros de arte aqui no Brasil porque são muito caros. Na França eles são vendidos a 5 euros, 10 euros no máximo, mais barato que banana.
    Beijos
    Tati

    ResponderEliminar
  12. Ca amo o seu blog , acho que o blog nao e so futilidade aqui construimos amizades mais conhecimentos e experiencia... amo livros e sei o efeito que eles podem fazer em nossas vidas ... por tanto seja apenas vc e se realize em sua biblioteca e em seus sapatos a futilidade que e ou nao o seu blog nao muda seu carater ... sucesso Bjs Bru

    ResponderEliminar
  13. Oi Carol!

    Comento no teu blog há tanto tempo e nunca falei nada de mim :P Sinto que te conheço e hoje quis que vc me conhecesse um pouquinho também.

    Passo por isso que vc mencionou com seu chefe quase todos os dias! Sou cientista social, 24 anos, tenho artigos publicados, apresentação em congresso em Portugal, enfim... Amo o que eu faço, tenho 300 mil livros (queria eu hahaha), leio compulsivamente, principalmente sobre a minha área e estou feliz profissionalmente com minha escolha. Mas.... Amo moda e tenho 65 pares de sapato.
    No curso de ciências socias é inadmissível, quase, que você se vista bem, use um batonzinho, queira subir no salto pra ir pra faculdade... Sempre sofri na faculdade porque respeitei minhas preferências na hora de vestir, só que lá só é aceita a menina que se veste de forma "altenativa" ou hippie. Que cansaço isso, né? Fiz grandes amigos na universidade, mas a maioria sempre me olhou torto. É uma coisa recente isso de as pessoas lá do curso passarem a não ligar muito pra como o outro se veste (pasme!).
    Quando fiz o blog "O Armário de Paula", pra vender minhas roupas semi-novas/novas/velhas eu decidi continuar com o blog falando de moda. Tive que abortar o projeto por falta de tempo, envolvimento total no trabalho. E eu achei até bom ter parado porque as pessoas te vêem somente como isso; um cabide. Que cansaço.
    Não deletei o blog, porque pretendo um dia voltar a alimentá-lo, e tenho a mesma opinião que você.

    Me canso muito das pessoas terem um julgamento baseado em coisas tão rasas sobre os outros... Lembro até hoje que quando conheci meu namorado (agora marido, hahaha)ele jamais imaginava que eu fosse fazer CS, gostasse de bandas "desconhecidas" e curtisse a barba mal-feita dele. Ele se surpreendeu.
    E com isso eu aprendi que o bom da gente não ser óbvio é justamente isso, a surpresa. E digo mais: nós podemos ser quem quisermos; pintora, escritora, blogueira, fútil, inteligente, competente, leitora... feliz.

    Um beijo grande :*

    ResponderEliminar
  14. Seu chefe-amigo gosta de futebol, carro e outras coisas "de homem"? Se sim, fútil ele não? Sou antropóloga e sei que o futebol está associado à identidade brasileira e que as classificações duras de gênero não fazem sentido, mas diante da patrulha dele só posso "brincar" com essas coisas.
    Carol nós sabemos que vc é mais do que uma pessoa interessada em moda (fala isso para ele, por favor) :)
    Bjs

    ResponderEliminar
  15. Carol, de vez em quando passo pelo seu blog e por outros de moda. Sou escritora, mestre em teoria e crítica literária e, sim, me dou ao luxo de gostar de coisas múltiplas, desde arte, teatro e política passando por moda e coleções de bonecas. Existe um preconceito grande sobre as tais coisas ditas "de mulher". Por que é fútil? Porque é, supostamente, de mulher. E não, não é. No caso da moda, ela é expressão, um fenômeno de comunicação, um código social extremamente complexo. Esse tipo de pressão é machista e superficial. Se você é bonita tem que provar a todo instante que também é inteligente. Se é inteligente não pode cultivar o lado lúdico da vida. Se não é bonita, danou-se, tem que ser PHD em Física Nuclear pra te levarem a sério.Enfim, comentei porque creio que seja relevante saudar a multiplicidade feminina e concordo com o que Paula falou logo atrás: podemos ser quem quisermos. É isso.

    ResponderEliminar
  16. Carol, de vez em quando passo pelo seu blog e por outros de moda. Sou escritora, mestre em teoria e crítica literária e, sim, me dou ao luxo de gostar de coisas múltiplas, desde arte, teatro e política passando por moda e coleções de bonecas. Existe um preconceito grande sobre as tais coisas ditas "de mulher". Por que é fútil? Porque é, supostamente, de mulher. E não, não é. No caso da moda, ela é expressão, um fenômeno de comunicação, um código social extremamente complexo. Esse tipo de pressão é machista e superficial. Se você é bonita tem que provar a todo instante que também é inteligente. Se é inteligente não pode cultivar o lado lúdico da vida. Se não é bonita, danou-se, tem que ser PHD em Física Nuclear pra te levarem a sério.Enfim, comentei porque creio que seja relevante saudar a multiplicidade feminina e concordo com o que Paula falou logo atrás: podemos ser quem quisermos. É isso.

    ResponderEliminar
  17. Acho que nunca comentei aqui mas sempre leio o blog e aprecio muito.
    Resolvi comentar hoje porque acho que qualquer um pode dizer o que quiser sobre nós e sobre o que fazemos mas ninguém sabe realmente quem somos! E acho que o exercício de ouvir o que o outro pensa apesar de desgastante é importantíssimo para crescermos !!!!!!! Bjos. Continue lendo... continue comprando!!!!!!

    ResponderEliminar
  18. Viva Small Fashion Diary! Polêmico até o gógó!

    ResponderEliminar
  19. Acredito que é bom e necessário termos um "escape" para o dia a dia, o nosso cotidiano. E é aí que nossos blogs entram!
    Estudo Direito e por exigência da area, a leitura que sempre foi um hábito para mim, tornou-se necessária! E eu acho ótimo tudo isso! Mas cá entre nós, mesmo amando o que estudo, passar horas lendo essas ciencias juridicas se torna cansativo demais! E é por isso que em meio aos meus livros de Direito, entram também aqueles de "mulherzinha" mesmo, para descansar a cabeça quando as palavras já não se encaixam mais lá dentro ...
    E outra: acho que passo mais horas dentro de uma livraria do que em uma loja de roupas ... é muito mágico! HAHAHA

    Admiro muito esse seu lado "artista"! Acho sensacional a ideía de transmitir sentimentos e ideias por algo um pouco abstrato ... É lindo!

    Beijão, xará!

    http://borboletismos.blogspot.com

    ResponderEliminar

Subscribe