dando um ninja no cartão em 5 passos

09:56

Há uns dias recebi um comentário da querida leitora Flávia Lino falando da sua crise consumista e de como ela gostaria de reduzir seu consumo. Super me identifiquei por que, bem antes de criar o blog, eu passei por uma situação absurda (eu sei que existem piores): ganhava R$ 800, morava só e cheia de conta em casa pra pagar e ainda tinha uma conta de cartão de crédito de R$ 2000 pra pagar. O.o


Na época bateu um desespero, eu chorei, enlouqueci, não consegui compreender como eu tinha chegado a esse ponto. Mas chorar não paga conta né? Então tomei algumas medidas drásticas na minha vida que até hoje funcionam e na época me ajudaram a dar um ninja no cartão de crédito em 5 passos! Daí achei que vocês poderiam se interessar/inspirar/praticar pelo assunto e resolvi escrever este post! \o/

----------- * * *  PRIMEIRO PASSO: A REVOLTA * * * ------------

O primeiro passo foi quebrar, um a um, cada cartão de loja: Marisa, Riachuelo, C&A e Renner. Esses foram os primeiros. Depois cancelei o Hipercard e apenas continuei pagando as parcelas que ainda devia. A coisa mais genial que existe no mundo é o cartão de DÉBITO. Quando abri minha conta no banco pedi apenas o cartão de débito e desde então só compro se tiver dinheiro na conta pra pagar à vista. Se não tiver, paciência. Pode até acontecer de, num determinado mês, a gente perder o controle e gastar tudo, mas pelo menos no mês seguinte a gente não vai ter parcelas pra pagar! *_*

----------- * * *  SEGUNDO PASSO: O DESAPEGO * * * ------------

O segundo passo foi criar um blog brechó com mais quatro amigas e através desse bazar online vendi metade do meu guarda-roupa para pagar minhas contas e desapegar daquilo que eu não usava. E aí começou meu interesse por brechós. Aos poucos eu pude pagar as contas e renovar meu guarda-roupa gastando menos. Outra dica para quem não tem paciência pra criar um blog e vender e tal, mas que quer renovar o armário sem gastar din din, é promover um encontro com as amigas e cada uma levar peças para um bazar de troca-troca. É lindo e sai todo mundo feliz de roupa nova! *_*

----------- * * *  TERCEIRO PASSO: A ABSTINÊNCIA * * * ------------

O terceiro passo foi o mais difícil: parar de ir ao shopping. Gente, sem mentira nenhuma, eu passei meses sem colocar meus pés no shopping, resisti à tentação. A maioria das lojas que têm cartão (essas de fast-fashion) você só tem como pagar a conta se voltar à loja e isso gera consumo novamente. Então peçam pra alguma tia muito gente boa fazer isso pra vocês ou façam como eu: estipulem os 20 minutos grátis do estacionamento como meta para entrar na loja, pagar e sair. HAHAHAHAHA assim vocês não gastam dinheiro nemmmm com estacionamento, muito menos ficam tentadas a comer aquele casquinho delícia/gordice do Mc Donald's. 

----------- * * *  QUARTO PASSO: A RESISTÊNCIA * * * ------------

O quarto passo foi mais um treino psicológico: sabe aquela jaqueta linda que você sempre quis? aquela que acabou de ser lançada na coleção de inverno de tal loja, mas custa uma fortuna? Espere. Não compre. Mentalize que a paciência é uma virtude e que a moda é cíclica e você não precisa ter HOJE aquilo que vai virar tendência de novo AMANHÃ. Espere a liquidação por que se essa jaqueta tiver que ser sua de verdade, ela será! Foi com esse pensamento que eu resisti a uma ankle de R$ 159 que eu vi na Renner e que, 6 meses depois, lá estava ela, sozinha e única, me esperando na prateleira de promoção, por R$ 50. Esse é o espírito! Se você não encontrar a peça que você tanto queria nas araras de ponta de estoque, você pode tirar duas conclusões bem "O Clone": 1. maktub - não estava predestinada a ser sua 2. você nem morreu por não ter a jaqueta e a vida continua. HAHAHAHAH Funciona gente! É sério!

----------- * * *  QUINTO PASSO: A CONSCIÊNCIA * * * ------------

O quinto e último passo é mais uma dica financeira para a vida e diz respeito a economizar royales. Depois que eu superei o pagamento das parcelas, quebrei os cartões, parei de ir ao shopping, comecei a olhar pro meu guarda-roupa com mais carinho, me interessei por brechós e passei a comprar apenas em liquidações, finalmente atingi o equilíbrio econômico cof cof cof, pude dormir em paz, sem pensar no bueiro financeiro que me perseguia. Foi mágico e com certeza ter me lascado todinha pra pagar contas me fez nunca mais querer repetir o erro

E mais! Comecei a ter mais consciência de como o dinheiro vai fácil e volta difícil. Então criei uma poupança onde TODO MÊS eu coloco uma parte do meu salário ASSIM QUE ELE ENTRA NA CONTA (por que se deixar pra colocar no final no mês, não sobra nada) e sobrevivo com o restante. Além disso tratei de fazer uma previdência privada e TODO MÊS saem R$ 100 da minha conta, direto para o meu futuro.

E ainda tem gente que fica surpresa e pergunta: meninaaaa? como assim tu não tem um cartão de crédito???? E eu respondo: nada na minha vida vem em parcelas, então minhas compras também não vão vir.

Num é massa? Num dá pra fazer tudo isso? É só a gente querer e começar! :)

Bom dia a todas!
Beijos, Carols

Ps: a única coisa parcelada que eu comprei no último ano foi minha passagem pra Portugal pra ver a mamis, por que né...porrraaannn...eu não tinha R$2000 pra pagar de uma vez néamm!? E comprei no cartão dos outros. HAHAAHAHHAHA

You Might Also Like

64 comentários

  1. 1, 3 e 4 já cumpri. COmo não tenho cartões de loja, foi mais fácil desapegar de algumas bandeiras, pedi pra meu irmão confiscar.

    Utilidade pública, esse post! ;*

    ResponderEliminar
  2. Eu tb não uso cartão!! Usei 2 vezes na vida pra comprar meu notebook e pra pagar um curso de atualização à distância que só aceitavam cartão. Fora isso, só compro a vista. Sempre procuro juntar uma graninha pra poupança, pros meus planos futuros. Quando eu percebo que minhas roupas tão andando sozinha, ou quando estão em estado de calamidade, aí eu junto grana e compro roupa nova (nada caro). E tb espero liquida quando quero muito algo. Aconteceu com um vestido da Zara que custava mais de 100 pilas e comprei por 39 na liquida, depois de muuuuito esperar. As dicas são ótimas! Bjocas

    ResponderEliminar
  3. Amei o post, Carol! Tô precisando muito seguir estes passos!
    Beijos

    ResponderEliminar
  4. Bom, cartao de credito foi a melhor coisa que criaram para mim. Sou apenas uma universitaria que o dinheiro que ganha sao as monitorias que eu dou.
    Antes, eu nao tinha acesso a quase nada, mas com o cartao e facilidade de poder dividir, hoje consigo comprar muito mais e dar conta de pagar. Sei que neste mes nao vou ter 60 reais para pagar uma blusa por exemplo, mas sei que dou conta de pagar em 2 meses. Gracas a Deus, nunca gastei mais do que dou conta de pagar, sou muito controlada em relacao a isso. Quando sei que nao vai sobrar dinheiro, faco o exatamente o que voce falou, para de ir em shoppings, lojas, para nao cair na tentacao.
    Infelizmente, a minha cidade nao tem brechos e aqui a unica fast fashion e a Marisa :(, os precos aplicados aqui sao absurdos :(
    BEIJOS

    ResponderEliminar
  5. Leleca vc é uma raridade!!! pelo que eu tô vendo vc é super controlada com seu cartão e realmente o crédito é a melhor opção pra quem não consegue mesmo comprar à vista. Mas em geral a gente enfia o pé na jaca e gasta por conta né? hehehehe eu mesma era assim...mas preferi parar de comprar mesmo e "me curar" através da privação total! HAHAHAHA no meu caso não tinha controle certo!!! :P


    beijosss

    ResponderEliminar
  6. eu faço isso desde sempre. não é super confortável, mas é o que funciona, né?

    ResponderEliminar
  7. ahhhh muito boas dicas..ahahahhaha quem me dera fazer isso!! beijosss

    ResponderEliminar
  8. Carol, encontrei uma lojinha online que eu acho que voce vai amar
    http://www.qbazar.net/mulher
    os precos sao incriveis. Serio.
    Uma otima opcao para quem quer comprar barato :)
    beijos

    ResponderEliminar
  9. MORRI LELECAAAA! como eu não conhecia essa loja antes????? O.o BABADO DEMAISSSS! juro que vou fazer um post sobre ela depois!!! obrigada pela dica!!! =***

    ResponderEliminar
  10. Nada, e voce viu que tem marca topo a preco de banana?
    Conheci esses dias. Depois te mando mais lojinhas que eu conheco.
    Como eu tinha mencionado antes, aqui na minha cidade tudo e caro (morar no interior e horrivel), entao as lojinhas online foram as opcoes que eu encontrei.
    Quero tambem parabenizar pelo maravilhoso trabalho que voce desenvolve aqui no seu blog, muito diferente que a gente encontra aqui.
    Beijos

    ResponderEliminar
  11. Carol,
    já que parei meu trabalho pra ler o post, resolvi me dar mais um tempinho pra comentar, pq ameiiiiii o post! Não saou descontrolada, mas acho q TODASSS as minhas amigas são! hahahha... Com essa história de pagar tds as contas sozinha eu prefiro poupar e economizar do q viver no zero... E ai chego no fim das coleções lá estou eu com os achados pela metade do preço ou menos!!! consumo inteligente é o que há!!!
    Vou trabalhar hj e poupar tds os dias!!! rsrs...
    Post EXCELENTE!!
    Bjss

    ResponderEliminar
  12. Ameiii o Blog,o Post e todos os Look's..
    Ja to te seguindooo..

    Depois da uma passadinha la no blog,tem look do dia novinho.

    http://blogfashionglam.blogspot.com/

    =D
    Bjô

    ResponderEliminar
  13. Carol!!!
    Parece que você me descreveu nesse post! huahauaha
    Felizmente, eu aprendi isso e infelizmente foi na prática também hehehehe
    Mas valeu a pena, com certeza!
    Adorei o post :)

    (Um dos maiores przeres do mundo é viver sem cartão de crédito. Não tem estresse rsrsrs)

    Beijos!

    ResponderEliminar
  14. POis é Carol! Sou super assim! A minha motivação maior para n gastar é pensar: junto para viajar e tudo que quero comprar compro na viagem! Aí vc se motiva mais ainda para viajar e comprar fora! Mas evito shoppings sobre todo o custo... o que a gente n vê o coração n sente. Se for comprar, prefiro comprar on line, pois aí dá tempo de vc pensar pensar pensar e avaliar se é impulso ou se vale a pena... e hj em dia a maioria das lojas tem frete gratis... o que motiva ainda mais a comprar on line

    ResponderEliminar
  15. Simples assim: ter consciência de quanto ganha, e saber que não se pode ter tudo na vida é o ponto de partida de qualquer educação financeira. Sempre dou umas dicas do tipo no meu blog, e já tô vendo as meninas super conscientes. Vale a pena!
    Beijos!

    ResponderEliminar
  16. Andreia19.8.11

    Oi Carol, meu nome é Andreia sou de Brasília. Leio seu blog todos os dias tem um tempo, mas nunca comentei. Amei esse post (assim como todos os outros)! A verdade é que estou escrevendo porque te acho MARAVILHOSA, amo tudo que vc escreve, como vc se veste, sua história de vida. Enfim, te acho uma Musa Inspiradora. Bjão!

    ResponderEliminar
  17. Tenho umas épocas de gastos incontroláveis, mas sempre que coloquei como meta parar de gastar compulsivamente, consegui, pois tinha outras prioridades. Mas atualmente estou nesse momento louco, e pior, pagando TUDO no débito, vendo meu dinheiro ir embora, dinheiro que não deveria ser gasto... não com roupa e sapato, afinal tem coisa muito mais importantes que isso. Mês que vem vou voltar a ter força de vontade e parar de gastar! me lembrarei do seu post (inspirador, que amei e acho que é um sinal hahaha).

    ResponderEliminar
  18. Mariana Bragato19.8.11

    ÉÉÉÉ!! Salvei isso no meu desktop!! Me ferrei bunitinho esse mes por causa do meu consumismo!! Acho que vou ter q aprender com vc carol!! Tambem moro sozinha e me bateu um desespero!! srrs mas vou ler isso todos os dias, como minha primeira oração da manhã!!! RARARA Bjim carol

    ResponderEliminar
  19. Xiii tb passei por isso... Estou no processo de pagamento e bem longe dos shoppings.. É mto dificil, mas vale a pena.

    Não vejo a hora de me libertar de veeeeeez rs

    Post PERFEITO!

    ResponderEliminar
  20. Nara Luiza19.8.11

    Amei o post.. começarei em breve!! hsaushaus.. preciso!!

    ResponderEliminar
  21. Quem nunca passou por isso né?! Drama total!
    Eu tb liquidei meus cartões de lojas de departamento, pq são as lojas onde mais compro msm! Mas descobri que o cartão de crédito tb pode ser meu amigo!
    Eu tenho um que é vinculado ao seguro do carro, dai se eu fizer umas comprinhas tds mês nele no final do ano a renovação do seguro sai quase pela metade do preço \o/ Show né?!
    E agora tô esperando chegar um do Iatau, pq dá 50% de desconto na entrada do cinema e do teatro, e o melhor é Itau Tam Fidelidade! Eu vou juntando pontos pra trocar em passagens aéreas =D
    Mas como eu sou burra velha e já passei por um endividamento também, agora eu tenho um super caderninho ativar onde anoto assim que compro, dai eu estipulo meu limite e sei quanto posso gastar e a fatura nunca mais foi um susto pra mim!
    Pelo menos a gente tá aprendendo a ser gente grande e usar bem nosso suado dinheirinho!
    Adorei o post Carol, super mega útil!
    Beijos e fica com Deus!

    ResponderEliminar
  22. Eu PARABENIZO a todas... EX-SHOPAHOLICS e as PREVENIDAS. Eu dou me testemunho. Nasci e cresci uma pessoa +ou- com a historia de "Karolis" Carol.... ate certo tempo sempre fui controlada, ateh porque nao tinha mamae pra pagar conta e nem o amado-e-odiado cartao de credito.
    Mas, num certo momento da minha vida, eu nao sei quando... eu me tornei uma shopaholic... e dai nao consegui mais sair das dividas do cartoes.... Pensei ate em procurar algum grupo de ajuda, porque gente, isso eh doentio... essa compulsao por compras. Pra voces terem uma ideia, uma vez eu sai do shopping com 6 calcas jeans (de marca); 4 pares de sapatos e outras coisitas mais. Sem nenhuma necessidade. Hoje to tentando me controlar porque acho que ja cheguei ao fundo do poço. :S E peco todos os dias a Deus so mais um dia sem comprar. Detalhe: Moro so e ninguem paga minhas contas.
    Esse tutorial foi muito bom Carolis. bom mesmo.

    ResponderEliminar
  23. Carol, adorei! Eu tava numa onda meio consumista, de preciso disso, preciso daquilo, e então percebi que eu tava gastando dinheiro com coisas legais mas não essenciais, ler esse post só me fez reforçar minhas idéias atuais.

    Quanto a dica da paciência, enquanto lia fui ouvindo a voz da minha mãe narrando, porque é exatamente isso que ela sempre fala hahaha

    Beijo beijo,

    ResponderEliminar
  24. Miga Manu eu tinha CERTEZA que tu ia comentar esse post!!!!! hahahahahahaha Oh meu amor eu só posso te dar R$ 1.000.000 de bjs, seu limite do cheque especial no meu coração é giga! Carol ótimo post, por mais que a gente saiba de tudo isso é bom ler e reler pra ver se aprende e coloca MESMO em prática. Sou até controlada mas as vezes entro na onda (errada) do "ah eu trabalho tanto, eu mereço.." e me lasco... bjos!

    ResponderEliminar
  25. Realmente tudo que tu disse é verdade. Eu, graças a Deus, nunca tive dívidas e também nunca parcelei, pois desde criança meus pais me ensinaram que dinheiro não nasce em árvore e se vc quer uma coisa e não pode pagar agora junte dinheiro e compre quando tiver :).
    Quando precisei criar conta no banco só quis cartão de débito e assim sigo feliz da vida =).
    Não tem nada melhor do que dormir com a consciência leve e sem medo das divídas.
    Aliás, faltou uma dica para compras online, que também é outra tentação para comprar no cartão, é sempre pagar no boleto e caçar blogs q dão o código de 10% de desconto :)

    ResponderEliminar
  26. Foi otimo ler..
    na época em que você ganhava(no passado)800,sinal de que hj ganha mais né?rsrsrs
    Agora me imagine,filha de mãe assalariada(no interior ninguem paga mais de 650 reais,algumas lojas da minha cidade paga 300 pras meninas trabalharem de 8:00 as 18:00#absurdo)com mais 2 irmãos,to estagiando meio período p/ ganhar 300 dinheiros..aí pensa..Como é e eu vou engordar meu guarda roupa?Compro parcelado em no maximo 3 vezes,e só compro no mês que é a ultima parcela,pra a próxima vir no outro mês..e assim caminha a minha falta de dindin.hehehe

    Minha próxima meta é comprar uma maquina de costura pra eu mesma fazer minhas roupas..até porque tá se usando muito peças de tecido,malha e afins..muito mais fácil de comprar e costurar...
    Acho que vou acabar virando "Lulli Morena"..rsrsrs

    ResponderEliminar
  27. Hahaha, Carol: AMEI!Ri muito lendo tudo isso!
    Mas, é claro, eu sei que isso é assunto sério sabe...nunca cheguei e me endividar, sempre fui controlada com meus gastos, mas sinto que algumas coisas, compro sem necessidade e que se aprender a apurar meu olhar, posso aprender tbm a aproveitar melhor as peças que tenho pensando em looks bacanas.
    O post ficou ótimo, esse passo a passo é perfeito...pq não adiante, sem disciplina é que não se consegue pagar as contas.
    Parabéns Carol, não é fácil resistir a uma peça que parece "brilhar" na vitrine e nos chama não é mesmo? E acredito quando diz que este é um exercício.
    Obrigada mesmo pelo post e suas dicas certamente serão úteis para mim e para a maioria de suas leitoras.
    Beijos grandes e continuarei acompanhando o Small, pq já tornou-se um vício dar uma passadinha por aqui todos os dias!

    ResponderEliminar
  28. Carol,

    Eu sempre venho aqui, mas nunca comento, e sinceramente, nem sempre leio tudo o que está escrito, mas esse me chamou atenção. Suas dicas são bem legais e práticas. Meu problema não é exatamente igual ao seu, mas me enquadro de certa forma. Tentar deixar de ir ao shopping, tento sempre. Cartões, também só de débito... O problema aqui é que o maridão, tks god, tem um bom salário, e divide tudo comigo..aí a tentação aperta. Mas acho sacanagem gastar o dinheiro suado dele em tantas coisas desnecessárias. De qualquer maneira, muito legal seu post, adorei ler mesmo, parabéns.
    Tb tenho minha loja virtual, de roupas usadas, se quiser conhecer é: www.quitanda-roupas.blogspot.com
    Beijos, Renata
    renatasnog@gmail.com

    ResponderEliminar
  29. Oi, Carol!
    Que posto super útil. E não podia vir em melhor hora. Eu estava esses dias pensando seriamente em ter um cartão de crédito, já estava praticamente me convencendo que só assim para comprar minhas coisinhas. Mas agora lendo o seu post, tô achando que vou começar uma bola de neve. E apesar da vontade louca de comprar tudo de lindo que eu vejo pela frente é bem melhor, como você disse, não ter milhões de parcelas pra pagar até dezembro de 2015!!! Enfim, valeu mesmo pela dica. Acho que vou ficar com o meu esqueminha das sem cartão, que eu ganho mais. Aproveitando, eu sempre venho aqui. Conheço seu blog a tempos e acho que já li tudo, desde o seu primeiro post. Adoro suas dicas, seus looks e o seu jeito de falar. Seu blog é um dos meus favoritos! Só confesso que quase nunca comento, #faltadevergonhanacara HAHA. Bom, mas é isso. Sucesso!

    ResponderEliminar
  30. Eu sou descontrolada... cartão de credito é um problema na minha vida... chegou uma época que estava usando dois. Consegui quebrar um, mas continuo usando ele na internet (não sei quem quero enganar). O problema da internet é que você consegue ver as peças das coleções das lojas que você gosta, então passo mal de pensar que vai acabar e não vou ter aquela roupa. Tenho que treinar o 4º passo. Na verdade, preciso treinar todos! A única coisa que tenho é previdência privada, poupança ainda não consegui fazer.
    Bjinhos Carol! Adoro seu blog!!

    ResponderEliminar
  31. ai amiga Patyyyyyyyy.... qdo crescer quero ser igual a voce!!!!! Voce na minha vida eh igual a o american express.... sem limites!!!!

    ResponderEliminar
  32. Fo uma das coisas que minha mãe me ensinou ainda novinha: não compre nada em parcelas! Só compro o que eu posso, com o dinheiro que eu tenho na carteira! Se não tenho o suficiente é por que aquilo não está predestinado é ser meu(essa ultima parte aprendi com o clone).

    ResponderEliminar
  33. Adorei demais o post!!!
    Acho que não serei tão forte como vc, mas já estou praticando algumas das suas lições e relamente a vida da gente é outra....muda até a forma de como ver as coisas, o valor real delas e tudo mais!!!
    Vivendo e aprendendo não é mesmo!!!
    Beijão
    Bi
    www.rotinafashion.com

    ResponderEliminar
  34. Agora que vou morar sozinha, todos esses passos terão que ser seguidos. Tem que ser exatamente assim, senão não dá.

    Muito bom o texto. Adorei!!!


    Dani
    @eunaosoumodelo

    ResponderEliminar
  35. Ju Silva19.8.11

    Carol, esse post foi providencial!!! Estou na fase de reavaliar minhas prioridades... Faz meses que não pago o valo total do meu cartão, aliás, dos meus dois cartões... Mas estou na fase de compras zero.

    Talvez por isso tenha me afastado do blog, pra não cair em tentação de ver um look seu incrível e querer comprar peças para fazer um "insparied". Você notou que fiquei uns 03 meses sem comentar? É que não tava entrando mesmo. Depois fiquei vendo de um por um o que tinha perdido, porém, só admirando e me controlando para não ter idéias consumistas...

    Beijos, vc é ótima! :)

    ResponderEliminar
  36. Olha o link aiii

    http://www.anitaonline.com.br/sandalia-feminina-vizzano-preta-ptodrd-113158?csParam={"recType":"bestsellers","source":"busca","pid":"113158","pids":"113158"}

    copie,cole,e seja felizz

    ResponderEliminar
  37. Não resistí e preciso deixar aqui o meu depoimento....

    Genteeeem, Atenção, e por incrível que pareça, a tchia da Carol já passou por quase tudo que ela passou, e foi essa bonequinha falante, pequenininha que ensinou tudo isso a minha humilde pessoa, ou seja, EU TAMBÉM CONSEGUÍ SAIR DO BURACO NEGRO DAS PARCELAS E ME JOGUEI NAS COMPRAS SÓ, ÚNICA E EXCLUSIVAMENTE NO DÉBITO.... hehehehehehehehe \o/

    Essas dicas são o segredo de um bom $UCE$$O FINANCEIRO meninas.....rsrsrsrs

    ResponderEliminar
  38. Amiga, cada dia eu viro mais teu fã <3

    ResponderEliminar
  39. Faz um tempinho que venho acompanhando seu blog, mas nunca comentei...
    mas o post de de hj foi DIVINO!! Consigo na boa lidar com meus cartões de creditos que sao 6, tipo ja faz uns 7 anos que os tenhos e ate agora foi na boa! mas sempre que me sinto ameaçada faço muito dessas suas dicas!! e com certeza nada melhor que o DEBITO!!

    ResponderEliminar
  40. Carooool, passei por uma situação bem parecida. E minha solução foi deixar o cartão de crédito em casa. :)

    ResponderEliminar
  41. preciso muito praticar isso! :P

    ResponderEliminar
  42. Ingrid Sampaio20.8.11

    Me identifiquei com a história do cartão de débito vivo feliz só com ele e quando preciso comprar algo que não tenho no momento em dinheiro,como vc disse das suas passagens já peço o cartão da mamãe pra eu pagar parcelado,mas só nessas suas situações extremas. Vc falando de Brechó,queria saber se vc pode dar algumas dicar de brechós do Rj se vc conhecer é claro. beijos.

    ResponderEliminar
  43. Oláá...
    Adorei as dicas.. estou passando pelo mesmo processo... o estado esta CRÍTICO!!! mas vou superar;3 hehe
    Sou de recife mais moro em natal faz tempo...
    Dá uma olhada no site da loja que trabalho! tem peças lindas!cRIAÇÃO NOSSA.
    Seu blog esta muito bom.. continue assim
    leio quase todos os dias..=D

    ResponderEliminar
  44. Amei o blog e estou seguindo!
    Segue também meu cantinho?
    Vou ficar muito feliz.
    Bjs pink

    http://princesas-pink.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  45. Perfeito esses passos, pago todas minhas contas do cartão, mas também fico dura e o marido briga todo dia por conta do consumismo exagerado, depois que passei a olhar os blogs de moda minhas compras multiplicaram (aloka). Sem falar que tenho muita coisa que ainda nem usei. Tenho que parar de comprar por um tempo. Vou aplicar com certeza.

    Bjos Carla, leitora do Blog.

    ResponderEliminar
  46. Oi Carol, faz um tempinho que descobri seu blog. Adorei... vc é cheia de referencias, conteúdo, gostei mto da forma como escreve :) adorei esse post... eu detesto cartão, acho que eh uma forma de enganar a si mesmo. haha, pq vai pagar do mesmo jeito, com direito a enjoar o que comprou e tudo... também diminui as idas ao shopping, creio que essa eh a melhor saída mesmo, sempre que vou, volto cheia de desejos e tenho que voltar pra comprar senão não me aqueto ! perder um pouco desse impulso e analisar que vc tem coisas que não usou, e eram encantadoras quando comprou... da mais valor ao dinheiro. o que me ajudou mais, de tudo que fiz, foi começar a trabalhar, e dar valor ao meu dinheiro, e da minha mãe ;) agora que aprendi a controlar o dinheiro, preciso controlar a alimentação... ahhhhhh..

    ResponderEliminar
  47. Carol, minha querida, você é a minha mais nova ídola!
    Não apenas pelo post MARAVILHOSO E DIGNO nos ensinando a abandonar o maldito cartão de crédito, mas também por todo o conteúdo do blog, inclusive o "sobre mim". De verdade, todos os seus posts são dignos das mais variadas reações, eu ri, eu pasmei, eu chorei (sim,com sua homenagem a sua mãe, porque a minha também está longe) e fiquei encantada com TODOS os seus looks, fiquei até na expectativa de conseguir me vestir com ares de rica $$ com minhas queridas lojinhas de departamento brasileiras, porque eu AINDA não tenho parentes na Europa para comprarem roupas na ZARA bem mais baratas pra mim. haha
    Enfim, quero te parabenizar de verdade, pelo blog, que nesta momento já está ali piscando na minha barra de favoritos.
    Super beijo e sucesso sempre, porque você merece.

    ResponderEliminar
  48. Carla21.8.11

    Oi Carol, já tem um tempinho que acompanho seu blog. Hoje resolvi escrever.
    Adorei seu post. PERFEITO!!!!

    ResponderEliminar
  49. Super gostei desse post!
    Eu tenho cartão de crédito, mas consigo me controlar bem e só compro quando eu realmente preciso e costumo não parcelar em muitas vezes (senão eu até esqueço aquilo que estou pagando).

    Pena que você mora em Recife, porque estou precisando de uma dicas de brechó do Rio de Janeiro.

    Beijos,

    http://mariamocoila.blogspot.com
    @luana_furtado

    ResponderEliminar
  50. Carol,

    passei pelo mesmo problema e tomei as mesmas atitudes que você. Levei 6 meses pra me livrar das dívidas. Chorei muito por frustação e vergonha de ter deixado as coisas chegarem onde chegaram.

    Mas hoje eu sou uma pessoa livre e sem cartão de crédito. Não sei me controlar, então resolvi fazer essa "sabotagem positiva". E mto condicionamento mental pra resistir toda vontade de comprar! Mas vale a pena!

    Parabéns pelo blog. Todo dia venho aqui ver se tem post novo! Adoro!!! Bjss

    ResponderEliminar
  51. Carol

    que tal um post sobre lojinas da net com precinhos camaradas?

    beijos

    ResponderEliminar
  52. Mariana22.8.11

    Outra dica também pra quem tem cartão de crédito é não parcelar as compras em muitas vezes, porque vai dar a impressão que você tem mais dinheiro pra comprar outras coisas, e no final vira uma bola de neve.

    ResponderEliminar
  53. Amei as diquinhas!!!.. sou muito fã do blog!! bjs Carol!!

    ResponderEliminar
  54. Carol, esse seu post era tudo o que eu precisava ler hoje... Além do buraco financeiro que me persegue, eu não consigo resistir a uma compra e ontem dei mais um passo em meu suicídio financeiro. Mas CHEGA!!! Acabei de imprimir seu post que irá direto para meu mural e nele colei todos os cartões de crédito e das lojas "fast", para não cair em tentação!!! Shopping e lojas serão minhas inimigas a partir de hoje.

    Nesse fds com as amigas esse foi o assunto e minha amiga me deu uma ideia que lhe fora repassada por sua psicóloga... É o seguinte: Todas as vezes em formos tomadas por uma vontade absurda de comprar, devemos entrar em algum site de compras, comprar tudo o que quisermos e não finalizarmos a compra... Disseram que mata nossa vontade e já vou colocar em prática!!!

    Bjos amore dessa leitora viciada em seu blog!!!

    ResponderEliminar
  55. ótimas dicas! Tbém quebrei meus cartões, foi o único jeito rs.

    www.ffash.com.br

    ResponderEliminar
  56. Adoramos o seu blog e seria super bacana se conferisse o nosso. Temos uma proposta de fotografia com moda sem muita grana! srs

    beijos
    Estúdio Três

    ResponderEliminar
  57. Anónimo22.8.11

    Pobres falando de cartão de crédito!

    CACO ANTIBES salva esse povão!

    ResponderEliminar
  58. kkkkkkkkkkkkkkkkk só posso rir com esse apelo a Caco Antibes!! #divodapobreza \o/

    ResponderEliminar
  59. Com certeza um dos melhores posts que já li em todos os blogs que visito diariamente, incluindo o seu! É o tipo de coisas que poucas pessoas falam mas que muitas deveriam ler. Conscientização é tudo!

    ResponderEliminar
  60. Adooooorei as dicas, precisava de um tapinha desses rs

    [=
    E parabéns pelo blog!
    Conheci há pouco tempo, através de uma amiga blogueira...e me encantei!
    Tb sou do Recife [=
    adorei suas fotos, nossas paisagens ;D

    ResponderEliminar
  61. amei amei ....
    Ja passei por isso tambem e confesso e bem dificil resistir mas da pra fazer sem morrer
    e o mais legal garrei um amor pelas minhas proprias roupas.
    Agora estou num firme proposito de nao comprar nada por pelo menos 6meses ... sera q consigo????
    Bom daqui 6meses volto no blog e conto como foi ok?
    Ah e amei o blog agora serei seguidora .... bjo bjo Dani

    ResponderEliminar
  62. A minha história é bem parecida com a sua.. depois q a gente se desespera ao ver o nome sujo e cheio de conta pra pagar a gente acorda! rsrs.. mais aprendi e ja faço tudo o q vc falou.. só não tive q vender minhas roupas.. rsrsrs..

    ResponderEliminar
  63. eu amay esse post!!! no momento estou numa poça (não vou chamar de buraco, pq ainda não tá tããão grave assim), mas, tenho conseguido não ir ao shopping e esse mês só usei meu cartão 2X: uma pra comprar o livro do curso de italiano e outra pra colocar combustível no carro.
    Tive que ir ao shopping outro dia pra comprar um presente, e consegui sair de lá sem nadinha de nada pra mim, quer dizer, saí cheia de orgulho de ter entrado na Marisa, na Renner e na C&A e ter resistido à tentação das araras de promoção!
    Se eu conseguir seguir o plano, em janeiro vou estar fora da poça e pronta pra começar a economizar.
    O pior de tudo, é que eu já tinha vivido uma situação dessa há uns 5 anos, pastei pra conseguir pagar minhas dívidas, e agora, tudo de novo...

    ResponderEliminar
  64. Oi Carol é com imenso prazer que comento aqui pela primeira VEZ, a um tempinho(desde julho)dou uma passadinha aqui no seu blog semanalmente, gosto dos seus post e sempre criativo, mas hoje em especial você falou comigo com esse post de como me livrar das suas contas de fast fashion, me fez repensar em tudo que faço.
    Foi quando me perguntei passo aqui a um tempo já é nunca parei para ver quem é ela, foi quando dei uma passada no seu perfil, resultado simplesmente te admiro! sou estudante de Design de Moda e jamais tinha pensado em como me livrar disso, desta perseguição consumista,que sou como profissional instiga a fazer com que meus clientes pensem assim!
    VALEU MESMO MOÇA!

    ResponderEliminar

Subscribe